Técnico de Gana protesta contra o número de vagas para a África na Copa do Mundo: 'É injusto'

Técnico de Gana reclama de poucas vagas para a África na Copa (Foto: Khaled DESOUKI / AFP)
Técnico de Gana reclama de poucas vagas para a África na Copa (Foto: Khaled DESOUKI / AFP)

A seleção de Gana estreou na Copa do Mundo do Qatar com derrota para Portugal, em jogo válido pelo Grupo H, que ainda conta com Uruguai e Coreia do Sul. Precisando da vitória contra os sul-coreanos e com a possibilidade de nenhuma equipe africana avançar ao mata-mata pela segunda vez consecutiva, o técnico Otto Oddo se mostrou bastante incomodado com a situação.

Para o treinador da seleção ganesa, o fato do continente africano ter apenas cinco vagas para o Mundial, com 55 países na disputa, "dificulta a evolução" e "é injusto".

Leia também:

- A África tem 55 países e acho que merece mais vagas. Nunca houve um ponto de partida onde todos têm a mesma chance no começo. É muito difícil com cinco vagas evoluir. Se você tem 12 ou 15 vagas, não lembro quantas são na Europa, você tem a probabilidade de crescer mais rápido, o dobro dos times africanos, não importa a qualidade. É injusto. Vamos tentar melhorar - reclamou Otto.

Nenhuma das cinco seleções africanas venceu na estreia da Copa do Mundo do Qatar. Marrocos e Tunísia empataram seus primeiros jogos, enquanto Senegal, Gana e Camarões foram derrotados. Já na segunda rodada, os tunisianos perderam e os senegaleses venceram.

Otto Addo declarou uma aberta torcida para que pelo menos uma das equipes da África avance às oitavas do Mundial do Qatar, já que, segundo ele, "todos ainda têm chances".

- Às vezes, o técnico toma a decisão errada, às vezes o outro time é muito bom, às vezes o árbitro toma decisões erradas, às vezes alguém está dormindo. É muito difícil, precisamos de mais sorte, mas temos que trabalhar por essa sorte. Até esse momento, nada aconteceu, todos ainda têm chances, uns mais e outros menos. Estou rezando que pelo menos um ou dois times avance para a próxima fase - concluiu Addo.

Gana volta a entrar em campo nesta segunda-feira, contra a Coreia do Sul, às 10h (de Brasília), precisando de uma vitória para não se complicar na última rodada do Grupo H.