Técnico de equipe britânica de ciclismo demitido por 'relações inapropiadas'

·1 minuto de leitura
Participantes da Volta da Itália 2020
Participantes da Volta da Itália 2020

A Federação Britânica de Ciclismo anunciou nesta quarta-feira que demitiu um de seus treinadores, Kevin Stewart, por falta grave devido a relacionamentos descritos como "inapropriados" com os pilotos.

Stewart, um técnico de sprint (corrida de velocidade) que faria parte da equipe olímpica nos Jogos de Tóquio no ano que vem, se desculpou e reconheceu que suas ações tornaram sua posição na equipe técnica insustentável.

A federação acrescentou que Stewart não mudou após vários avisos sobre seu comportamento.

Segundo a entidade, o técnico não seguiu as instruções do diretor de rendimento quanto ao relacionamento pessoal com os atletas e às comunicações por meio eletrônico.

A Federação Inglesa de Ciclismo (British Cycling) afirmou que Stewart não tinha relações físicas com os membros da equipe, segundo o resultado de uma investigação.

"Apresento minhas sinceras desculpas à equipe pelo meu comportamento, o que não era aceitável", disse Stewart.

“Admito que as minhas ações tornaram a minha presença na equipe insustentável e apresentei a minha demissão antes mesmo de ser demitido”, acrescentou.

kca/mw/pm/mcd/lca