Técnico dos Raptors crê em jogo sujo de Vellavedova, dos Bucks

O Toronto Raptors estreou nos playoffs desta temporada com uma derrota para o Milwaukee Bucks por 97 a 83, em casa, entretanto, não foi a falta de eficiência da equipe que deixou o técnico da franquia canadense Dwane Casey preocupado, mas a postura de Matthew Dellavedova, armador do time rival.

As principais estrelas dos Raptors pouco apareceram no primeiro confronto das quartas de final dos playoffs da Conferência Leste da NBA. Kyle Lowry marcou apenas quatro pontos durante todo o confronto, enquanto DeMar DeRozan até foi o maior pontuador de sua equipe, mas atrás da linha de três pontos não acertou uma bola.

“Ele [Dellavedova] fez 18 screens. Falamos sobre eles, analisamos e muitos deles não foram legais. Agora temos que enfrentar isso e fazer com que os juízes tomem a decisão. Os árbitros estavam dizendo que nós não estávamos o atingindo ou tentando atravessá-lo. Então temos que ter certeza de que temos uma confrontação e fazer com que os árbitros observem isso”, disse o técnico do Toronto Raptors Dwane Casey ao Toronto Sun, se referindo aos supostos bloqueios ilegais do jogador dos Bucks durante o duelo.

Já Matthew Dellavedova respondeu às acusações do treinador adversário. O ex-jogador do Cleveland Cavaliers crê que está cumprindo com as regras do jogo.

“Todas as pessoas identificam screens ilegais na NBA. Se você seguir ao pé da letra, a regra diz que seus pés têm que estar entre seus ombros. Grandes homes sempre tem uma definição ampla. É assim que é. Você tem que ser inteligente e se adaptar ao que os árbitros estão marcando”, se defendeu Dellavedova.

O segundo duelo entre Toronto Raptors e Milwaukee Bucks acontece nesta terça-feira, novamente em Toronto, no Canadá.