Técnico da Tunísia enaltece vitória sobre a França na Copa do Mundo: 'Orgulho'

(Foto: Miguel MEDINA/AFP)


O técnico da Tunísia, Jalel Kadri, se mostrou orgulhoso nessa quarta-feira pela vitória de 1 a 0 sobre a França, atual campeã mundial, mas lamentou por sua equipe não ter conseguido se classificar para as oitavas de final da Copa do Mundo no Qatar.

- Não nos arrependemos de nada. É verdade que tínhamos que jogar melhor contra a Austrália, mas apresentamos um alto nível nas três partidas. Estávamos em um grupo muito forte e fizemos boas partidas - declarou.

+ Herói da Tunísia celebra vitória e descarta menosprezo da França: 'Foi uma honra'

Kadri disse que ainda é cedo para tirar conclusões, mas reconheceu que não alcançou a meta de chegar às oitavas de final. No entanto, ressaltou que isso não significa que vá deixar o cargo.

- É difícil avaliar agora, mas está claro que é o melhor desempenho da Tunísia desde 1978 (quando também ficou em terceiro lugar no grupo). Estávamos em um grupo difícil e em condições de conseguir quatro pontos. É uma das nossas melhores Copas do Mundo. Faltou eficácia, mas só jogamos mal durante metade de um tempo contra a Austrália. Fizemos o povo tunisiano se orgulhar da nossa equipe. O mundo árabe se orgulhou por termos vencido a campeã mundial - avaliou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Apesar da vitória sobre a seleção francesa, com gol de Wahbi Khazri, a Tunísia foi eliminada da Copa do Mundo no Qatar com a terceira posição no grupo D, à frente apenas da Dinamarca. França, com o primeiro lugar, e Austrália, vice-líder, avançaram no torneio.