Técnico da Suíça pede desculpas após eliminação com goleada de Portugal na Copa do Mundo

Murat Yakin seguirá como técnico da Suíça (Foto: EFE/EPA/ALI HAIDER)


O técnico da Suíça, Murat Yakin, pediu desculpas aos torcedores e se mostrou devastado pela goleada de 6 a 1 sofrida nesta terça-feira para Portugal, que eliminou os suíços nas oitavas de final da Copa do Mundo no Qatar.

- Peço desculpas em nome da equipe aos torcedores suíços. Estamos tristes. Queríamos jogar um bom jogo, mas não conseguimos - lamentou o técnico, que tirou a culpa dos jogadores ao afirmar que "tentaram o seu melhor".

+ Goleiro da Suíça lamenta eliminação contra Portugal na Copa: ‘Talvez pudesse fazer melhor'

Segundo o técnico, a equipe "não entrou no jogo, foi apressada, impaciente, com pressa para atacar".

- Sinto pena dos jogadores e da nação. Este é um grande elenco e devemos nos orgulhar do que fizemos na competição. Terei de analisar calmamente onde estavam os erros, mas agora temos de aceitar a situação como ela é - acrescentou.

O treinador suíço lamentou reveses como a ausência do lateral-direito Widmer, "que ficou fora, com febre, e outros que não estavam no melhor momento".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

- Estou muito orgulhoso da forma como viemos. O nosso grupo era de alto nível e os jogadores fizeram grandes coisas no torneio - sublinhou.