Técnico da Suíça destaca talentos individuais da equipe antes da Copa do Mundo

Técnico Murtat Yakin e o meia Shaqiri, astro da Suíça(Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)


Adversário do Brasil na Copa do Mundo, o técnico Murat Yakin, da Suíça, apontou os pontos fortes da equipe e o que ela ainda precisa melhorar. Em entrevista ao jornal ‘Tribune de Geneve', o treinador analisou o time e destacou o talento individual do meia Shaqiri, que atua no Chicago Fire.

+ Rivais do Brasil: Sérvia se destaca, e Suíça e Camarões decepcionam em testes antes da Copa do Mundo

- Bom, nunca jogaremos o futebol técnico da Espanha. Temos que melhorar na intensidade, na dinâmica. Temos jogadores rápidos, alguns criativos, como Shaqiri, que é um gênio nessa área e também sabe trabalhar para o grupo. E já avançamos em termos de dinâmica e intensidade - declarou.

A Suíça decepcionou em seu último teste antes do Mundial. A equipe perdeu por 2 a 0 para a Gana e não passou confiança. Porém, o técnico acredita que a Nati está pronta para a Copa e enfatizou sobre a qualidade de outros jogadores do grupo.

- Acredito que este grupo está pronto. Há muita qualidade com jogadores como Akanji ou Embolo, que estão brilhando depois de fazer uma transferência.

+ Abertura da Copa do Mundo 2022: data, horário, atrações e onde assistir à cerimônia

- Embolo nunca será Lewandowski, mas tem potência, qualidade, evoluiu indo para o Mônaco, se adaptou. É bom para a confiança dele e para nós, portanto. O mesmo vale para Freuler, que foi da Atalanta para o Nottingham e teve que descobrir tudo. Também é valioso para nós. A Suíça é uma grande seleção, com personalidades e qualidades diferentes, onde todos têm fome - contou.

A estreia da Suíça na Copa do Mundo acontece na próxima quinta-feira, dia 24, contra o Camarões, marcado para às 07h (de Brasília). O duelo contra o Brasil é o segundo do Grupo G, somente no dia 28 de novembro.