Técnico da Suécia testa positivo para covid-19 e é 'desfalque' contra Croácia e França

·1 minuto de leitura
O técnico da seleção da Suécia, Janne Andersson, durante um treino da equipe
O técnico da seleção da Suécia, Janne Andersson, durante um treino da equipe

O técnico da seleção da Suécia, Janne Andersson, testou positivo para covid-19 e por isso não poderá acompanhar a equipe nas partidas pela Liga das Nações contra a Croácia e a França, anunciou a federação sueca nesta quarta-feira.

"Ele vai perder todos os jogos em novembro", incluindo os duelos contra a Croácia e a França pela Liga das Nações, em 14 e 17 de novembro, disse à AFP o porta-voz da Federação Sueca, Ester Kristiansson.

Nesta quarta, a seleção sueca tem um amistoso contra a Dinamarca, em Copenhague.

Janne Andersson, de 58 anos, foi colocado na semana passada em quarentena em sua casa como precaução, depois que um de seus parentes foi diagnosticado com coronavírus.

"Janne está se sentindo relativamente bem, ele continua isolado em casa", informou o médico da seleção nacional, Anders Valentin.

A Federação Sueca anunciou que cinco de seus jogadores convocados não terão permissão para participar da partida devido a restrições britânicas após a descoberta de uma nova cepa de coronavírus em visons criados na Dinamarca. Todos os cinco envolvidos jogam na Grã-Bretanha.

No sábado, o governo britânico anunciou que pessoas procedentes da Dinamarca devem cumprir isolamento.

hdy/map/ole/pm/lca