Técnico da Sérvia acusa jogadores de perderem a cabeça ao ceder empate a Camarões

Técnico da seleção da Sérvia, Dragan Stojkovic, durante partida contra Camarões pela Copa do Mundo do Catar

Por Toby Davis

AL WAKRAH, Catar (Reuters) - O técnico da seleção da Sérvia, Dragan Stojkovic, acusou seus jogadores de perderem a cabeça ao ver as esperanças de sua equipe de se classificar para as oitavas de final da Copa do Mundo do Catar diminuírem após um apagão de três minutos durante o qual perderam uma vantagem de dois gols e cederam o empate em 3 x 3 para Camarões nesta segunda-feira.

A Sérvia havia feito 3 x 1 no segundo tempo, depois de marcar duas vezes nos acréscimos da primeira etapa com Strahinja Pavlovic e Sergej Milinkovic-Savic, antes de Aleksandar Mitrovic acrescentar um terceiro após o intervalo.

Isso os colocou à beira de uma vitória que teria revitalizado sua campanha na Copa do Mundo rumo ao último jogo do Grupo G contra a Suíça na sexta-feira.

No entanto, a entrada de Vincent Aboubakar na equipe camaronesa deu um impulso adicional à seleção africana, e o ímpeto mudou rapidamente no Estádio Al Janoub.

Aboubakar fez um gol aos 18 minutos do segundo tempo e deu o passe para Eric Maxim Choupo-Moting empatar três minutos depois.

Em ambos gols camaroneses, a Sérvia foi surpreendida na defesa, jogando uma linha improvavelmente alta e deixando espaço para os camaroneses explorarem.

"É claro que os jogadores não devem perder a cabeça", disse Stojkovic aos repórteres. "Estamos frustrados porque queríamos a vitória e tínhamos a partida em nossas mãos, mas nossos erros bobos permitiram que Camarões evitasse a derrota."

"Cometemos dois grandes erros na defesa. Neste nível, é muito perigoso subir muito alto quando seu adversário tem a bola --estes dois erros nos custaram a vitória. É difícil de entender e completamente desnecessário", disse.

O empate deixou a Sérvia, com um ponto em dois jogos, precisando vencer a Suíça em sua última partida para ter uma chance de chegar às oitavas de final.

Seu destino não está em suas próprias mãos, no entanto, e eles também precisam de outros resultados para avançar.

O desempenho da Sérvia não foi totalmente negativo para Stojkovic, no entanto. Ele viu um time diferente daquele que foi derrotado por 2 x 0 pelo Brasil na estreia.

O terceiro gol da equipe, em particular, mostrou que eles são capazes de furar as linhas defensivas dos oponentes, já que uma jogada de passe bem trabalhada terminou com Mitrovic finalizando a curta distância.

"Estou muito satisfeito com meus jogadores porque eles mostraram uma cara nova em relação à primeira partida", disse Stojkovic. "Criamos muitas chances e situações perigosas, acertamos a trave e perdemos oportunidades também. Estou muito satisfeito com a forma como reagimos, especialmente quando perdíamos por 1 x 0."