Técnico da Ponte Preta projeta partida contra o Palmeiras

Eduardo Baptista sobre derrota sobre Bragantino (Foto: PontePress)

Eduardo Baptista defende equipe após sofrer derrota para Bragantino

Eduardo Baptista sobre derrota sobre Bragantino (Foto: PontePress)

A Ponte terá um grande desafio, neste domingo. Sem conseguir vencer dentro de casa em 2018, a Macaca jogará contra o Palmeiras, na expectativa de quebrar o jejum diante da torcida e também de conquistar uma das vagas de classificação do Grupo B.

A Ponte Preta vai encarar o único time invicto na competição, o Palmeiras, mas o técnico Eduardo Baptista aparenta estar tranquilo para o duelo.

– Particularmente eu gosto desse tipo de jogo, de enfrentar Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Flamengo, Santos. Deixar jogar, hoje em dia, ninguém deixa. Todo mundo marca pesado, mas esses times têm uma proposta mais ofensiva, mais agressiva. A tendência é de ter um jogo mais aberto, assim como foi contra o Botafogo, com as duas equipes procurando jogar, ninguém se fechando demais – disse o treinador.

Eduardo Baptista, que já comandou o Verdão por alguns meses em 2017, quer que a equipe alvinegra encontre o equilíbrio entre o setor ofensivo e defensivo. O treinador apontou que o time alviverde costuma não desperdiçar oportunidades.

– Temos de buscar o equilíbrio. Nem se fechar atrás, nem ir muito para a frente. Se der espaço para os jogadores do Palmeiras, eles desequilibram. Tem que saber o momento de marcar mais alto, marcar um pouco atrás, e minimizar os erros quando tiver a posse, pois o Palmeiras é letal no contra-ataque - disse Baptista.

A partida deste domingo está marcada para as 19h30, no Moisés Lucarelli.










E MAIS:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também