Técnico da Inglaterra lamenta ausência de jogos contra seleções sul-americanas: 'Frustrante para nós'

·1 min de leitura


A criação da Nations League 'isolou' as seleções da UEFA das demais após a Copa do Mundo de 2018. Com o calendário mais restrito aos confrontos da nova competição, tornou-se raro ver amistosos envolvendo equipes nacionais europeias contra dos demais continentes. Técnico da Seleção Brasileira, Tite costumeiramente lamenta esse fato. Nesta sexta-feira, foi a vez de Gareth Southgate, comandante da Inglaterra, lastimar a ausência desses jogos.

>>> Veja a tabela de classificação dos grupos das Eliminatórias Europeias

Após a goleada do English Team sobre a Albânia, em Wembley, por 5 a 0, pelas Eliminatórias Europeias, que aproximou os ingleses do Mundial do Qatar, Southgate afirmou, ao ser questionado pelo repórter Fred Caldeira, correspondente do TNT Sports, sentir falta de enfrentar os sul-americanos na preparação para a competição.

- Isso é frustrante para nós também. É também uma consequência do calendário congestionado pelo coronavírus. Mas nós definitivamente gostaríamos de ter tido essas oportunidades. Vamos para uma Copa do Mundo sem enfrentar as equipes sul-americanos nos últimos três, quatro anos. Seria bom ter tido essa chances, mas infelizmente não a teremos - disse.

A última vez que a Inglaterra enfrentou um sul-americano foi no Mundial da Rússia. Na ocasião, em partida válida pelas oitavas de final, eliminou a Colômbia nos pênaltis. O Brasil encarou um europeu em amistoso em março de 2019, contra a República Tcheca - vitória por 3 a 1. No mesmo ano, em outubro, a Argentina empatou com a Alemanha por 2 a 2.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos