Técnico da Inglaterra diz que é responsável por 'aposta' nos pênaltis

·1 minuto de leitura
O técnico da seleção da Inglaterra, Gareth Southgate, durante a final da Eurocopa com a Itália

O técnico da seleção da Inglaterra, Gareth Southgate, reconheceu que foi sua "aposta" relacionar o jovem Bukayo Saka, de 19 anos, para cobrar o quinto pênalti de sua equipe, defendido pelo goleiro Gianluigi Donnarumma e que deu à Itália o título da Eurocopa (3 a 2 nas cobranças de pênalti após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar e prorrogação).

"Foi minha decisão dar a ele (Saka) esse pênalti", disse Southgate, que perdeu o pênalti crucial nas semifinais da Euro 1996 contra a Alemanha.

"Tínhamos trabalhado nos treinos, era uma aposta", acrescentou.

Na decisão por pênaltis, o goleiro italiano Donnarumma defendeu as cobranças de Jadon Sancho e Bukayo Saka, enquanto Marcus Rashford acertou a trave, dando a vitória aos italianos.

Southgate decidiu colocar em campo Sancho e Rashford no último minuto da prorrogação, com a única missão de participar da cobrança de pênaltis.

"Escolhi os cobradores. Estou muito desapontado por não termos dado um passo adiante. Decidimos fazer as mudanças no final do jogo, mas perdemos e vencemos juntos, como uma equipe", acrescentou o treinador em entrevista à emissora de televisão ITV.

jc/mw/pm/iga/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos