Técnico da Holanda, Van Gaal tem conflitos históricos com astros brasileiros na carreira


Com boa participação nas Eliminatórias e um elenco bem jovem, a Holanda chega à Copa do Mundo esperançosa. No comando, um velho conhecido: Louis Van Gaal, Um treinador consagrado e com muita experiência na Laranja Mecânica. No entanto, se o amam em Amsterdã, o mesmo não se pode dizer no Brasil.

A repulsa é principalmente de quem esteve sob o comando do treinador holandês. Entre Barcelona, Juventus e Manchester United, os jogadores se sentiram desmoralizados por Van Gaal.

Alguns deram declarações muito polêmicas ao longo dos anos sobre o comandante, como é o caso de Giovanni. O meia, que jogou no Santos e trabalhou com o holandês no Barcelona, afirma que Van Gaal seria uma espécie de 'Hitler' para os brasileiros.

+ Possível desfalque: entenda como Van Gaal pode substituir Depay na estreia da Holanda


- Van Gaal é o Hitler dos jogadores brasileiros. É arrogante, soberbo, tem algum problema. Minha convivência com ele foi péssima. Ele não queria brasileiros com ele, brigou comigo e me mandou embora. Também brigou com Rivaldo e o Sonny Anderson. Fiquei um ano com ele, e era sempre o mesmo treinamento. O cara é doente, maluco - disse.

Mourinho Van Gaal
Mourinho Van Gaal

Van Gaal e José Mourinho em Barcelona (Foto: Divulgação/FC Barcelona)

O zagueiro Lúcio, no Bayern de Munique, e o lateral Rafael, no Manchester United, também sofreram com o temperamento de Van Gaal. O roteiro foi o mesmo: briga nos bastidores, banco de reservas e saída pela porta dos fundos do clube. No entanto, nem todos tiveram essa experiência.

Ariclenes da Silva Ferreira, mais conhecido como Ari, foi contratado por Van Gaal no AZ Alkmaar e foi destaque com o treinador. Sob o comando do holandês, ele conquistou o título holandês depois de 28 anos e fez história pelo clube.

+ Craque de Senegal, Sadio Mané está fora da Copa do Mundo

- Com ele, eu aprendi demais. No começo, tive a atenção chamada muitas vezes por causa de disciplina, mas ele é um treinador fantástico. Joguei com ele por três anos na Holanda e fomos campeões holandeses, acabando com o domínio do Ajax e PSV. Jogamos com destaque também na Champions e Copa da Uefa, além de ganhar a Supercopa - analisou.

De olho no próximo desafio, Van Gaal prepara a Laranja Mecânica para a estreia na Copa do Mundo. A Holanda enfrenta Senegal nesta segunda-feira, às 13h (de Brasília), no Estádio Thumama, na província da Doha.