Técnico da Espanha diz que ameaças a Morata devem ser investigadas pela polícia

·2 minuto de leitura
O atacante Alvaro Morata, da seleção da Espanha

O técnico da Espanha, Luis Enrique Martínez, afirmou neste domingo que os insultos e ameaças denunciadas pelo atacante Álvaro Morata "têm de ser investigados pela polícia".

"A situação é tão grave que tem de ser colocada nas mãos da polícia", disse Luis Enrique na coletiva de imprensa antes da partida com a Croácia pelas oitavas de final da Eurocopa, na segunda-feira.

"Insultar e ameaçar de morte qualquer pessoa, ainda mais familiares e filhos é um crime, um crime grave", acrescentou o treinador espanhol.

“Acredito que deve ser colocado nas mãos das autoridades e que deve ser punido de forma retumbante”, destacou Luis Enrique.

O técnico do equipe espanhola fez esta declarações ao ser questionado sobre os insultos e ameaças recebidas por Morata, alvo de críticas por não ter marcado nenhum de gol pela Espanha, e seus familiares.

"Eu entendo ser criticado porque não marquei um gol, sou o primeiro a reconhecer isso", disse Morata na noite de quinta-feira à rádio Cope.

“Mas eu gostaria que as pessoas se colocassem no lugar de quem recebe ameaças, insultos à sua família ... Que desejem que seus filhos morram ... Então quando uma tragédia acontecer com certeza todos vão dizer que ele era um bom menino", acrescentou o atacante.

Morata garantiu que “não liga” para as piadas que fazem sobre ele na internet, mas “o que me incomoda é que a minha mulher tenha que passar por isso, que os meus filhos quando vão a Sevilha com a camisa do pai tenham que ouvir essas coisas".

Os jogadores de futebol "estão expostos a todo o tipo de crítica, nós as aceitamos, mas não aceitamos ameaças a um jogador, a um familiar ou a uma criança", afirmou o meia Jorge Resurrección 'Koke'.

“Somos responsáveis por nossas ações e temos que estar cientes do que fazemos”, acrescentou Koke, insistindo que “todos os tipos de assédio devem ser denunciados”.

“Não me passa pela cabeça que exista pessoas que possam fazer esse tipo de comentário nas redes sociais que pode fazer muito mal ao jogador, que você fica exposto. Mas fazer isso com a família e os filhos é ir longe demais e é algo que deve ser denunciado", concluiu o jogador.

gr/psr/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos