Técnico da Coreia do Sul se desculpa após expulsão, mas dispara contra árbitro: 'Faltou bom senso'

Paulo Bento foi expulso após a derrota da Coreia do Sul (Foto: JUNG YEON-JE / AFP)


Paulo Bento se desculpou após ser expulso na derrota da Coreia do Sul contra Gana, pela segunda rodada da Copa do Mundo. O técnico dos Tigres Asiáticos recebeu cartão vermelho depois do apito final, ao reclamar que Anthony Taylor encerrou a partida sem deixar os asiáticos cobrarem um escanteio no lance final.

+ Bruno Fernandes brilha na vitória que classifica Portugal às oitavas; veja notas

- Em primeiro lugar quero pedir desculpa aos meus jogadores. Sigo com a minha opinião, mas a reação não foi boa. Sou humano, não sou insensível - iniciou o treinador português em coletiva de imprensa concedida nesta terça-feira.

No entanto, o técnico da Coreia ironizou a falta de bom senso do árbitro inglês e criticou a falta de critério do profissional na partida.

+ Veja tabela e simule os jogos da Copa do Mundo no Qatar

- Normalmente julgo ser uma pessoa de bom senso e creio que esse bom senso faltou ao senhor que veio da Premier League. Faltou-lhe respeito por um esforço tremendo que estávamos fazendo e que, do meu ponto de vista, demonstrou incoerência por aquilo que fez no primeiro tempo e pelo que não fez no segundo. O que fez na primeiro está correto, o que não fez, e devia ter feito, na segundo foi incorreto - criticou.

Paulo Bento se tornou o primeiro treinador da história a ser expulso em uma Copa do Mundo.

A expulsão o impedirá de estar à beira do gramado contra Portugal na rodada final. Ele reconheceu o peso de sua ausência, mas disse que esse não será o fator determinante para o resultado contra a seleção portuguesa.

- Em relação a situação da ausência no banco, creio que vai ser evidente. Não é a melhor situação e tenho de assumir essa responsabilidade. Não será por isso que deixaremos de fazer o que temos de fazer. O que será determinante, e isso vamos ter tempo para o fazer, é preparar o jogo e recuperar os jogadores. Temos de jogar no máximo das nossas capacidades naquilo que é o nosso limite. A capacidade de nos organizarmos é o que nos tem levado a deixar uma boa imagem - ponderou.

Com o revés, a Coreia do Sul soma apenas um ponto no Grupo H, e não depende mais de si para avançar às oitavas de finais.