Técnico da Arábia Saudita diz que México merecia fazer mais gols: 'Não conseguimos lutar pelo duelo'

Hervé Renard falou sobre a eliminação da Arábia Saudita na Copa do Mundo (KHALED DESOUKI / AFP)


Depois da eliminação, o técnico da Arábia Saudita, Hervé Renard, admitiu que a seleção não fez um jogo competitivo e que os mexicanos mereciam vencer por mais gols de diferença. Com o revés por 2 a 1, ambas as equipes deram adeus à Copa do Mundo do Qatar, enquanto Argentina e Polônia avançaram.

- Bem, esta noite sobrevivemos durante o jogo, mas não conseguimos lutar pelo duelo. Eles eram melhores, de longe. Estávamos com falta de quatro jogadores, depois que todos se machucaram. Isso é futebol, mas nunca estivemos no jogo. Então, acho que o México fez um jogo muito bom. Eles tinham mais intensidade. Deveriam ter feito mais gols. Mas o placar não reflete o jogo - disse Renard.

Os sauditas chegaram para o duelo com grandes chances de classificação para as oitavas, algo que aconteceu apenas em 1994, nos Estados Unidos. O desempenho nos dois jogos anteriores, sobretudo no triunfo contra a Argentina, trouxeram esperança, mas desde o primeiro minuto, a equipe não conseguiu encaixar seu jogo.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

Faltou ao México pontaria e tranquilidade para estufar mais vezes a rede do goleiro Al-Owais. Com isso, os poloneses garantiram a vaga no saldo de gols apesar da péssima atuação diante dos argentinos.

Na sequência do Mundial, a Argentina medirá forças com a Austrália pelas oitavas de finais, sábado, dia 3, às 16h, no Ahmad Bin Ali. A Polônia entrará em campo no dia seguinte, para enfrentar a atual campeã França, às 12h, no Al Thumama.