Técnico do Boca Jrs toma decisão final sobre Agustín Rossi, futuro goleiro do Flamengo

Agustín Rossi tem acordo para defender o Flamengo a partir de julho (Foto: Divulgação / Boca Juniors)


Com acordo para defender o Flamengo a partir de julho, Agustín Rossi não está mais nos planos de Hugo Ibarra. Após os Xeneizes perderem para o Racing, nesta sexta, a Supercopa da Argentina, o treinador explicou o motivo de não ter sequer relacionado o goleiro, que viajou com o elenco para os Emirados Árabes.

- Todos nos lembramos. Um clube brasileiro comunicou sobre o pré-contrato assinado com o Rossi. Naquele momento, decidi que para este ano todos os meus jogadores devem estar 100% comprometidos com o clube - afirmou Ibarra, antes de completar sobre o goleiro ter viajado ao Abu Dhabi:


- Todo o grupo viajou. Marcos, Figal, Diego González... Vieram todos - finalizou o treinador do Boca.

O Flamengo anunciou um acordo com Agustín Rossi a partir de 1º de julho. O goleiro estava livre para assinar um pré-contrato a partir de janeiro, uma vez que seu vínculo com o Boca Jrs se encerra em junho. A diretoria da Gávea tentou a liberação imediata do jogador, mas os argentinos não aceitaram.