Técnico Augusto Inácio fala sobre estratégia do Avaí para a Recopa Catarinense

Futebol Latino
LANCE!
Foto: André Palma Ribeiro/Avai FC
Foto: André Palma Ribeiro/Avai FC


Com trabalho prático no Avaí que ainda não atingiu sequer a marca dos sete dias, o técnico português Augusto Inácio já precisa pensar em uma decisão: a final de jogo único válido pela Recopa Catarinense onde o Leão da Ilha joga contra o Brusque no próximo sábado (18) às 20h na Ressacada.

Apesar de ciente do potencial técnico superior dos seus comandados ao adversário, o treinador alerta para o elemento físico do time do interior estar em nível superior ao do Avaí.

Isso porque, mesmo disputando em 2019 a Série D do Brasileirão onde ficou com o título, o Brusque teve mais tempo de descanso e também de preparação já visando o calendário do ano seguinte.

Pensando nisso, o lusitano assumiu que dará prioridade a colocar na ideia de jogo da equipe uma priorização extrema da posse de bola para, assim, tentar deixar o adversário com o maior desgaste físico possível:

- Temos oito dias de pré-temporada, enquanto na Europa tem cinco semanas. E aqui ainda teremos uma final como nosso primeiro jogo. O Brusque chega melhor fisicamente, mas iremos contornar isso com inteligência, ficando com a bola e desgastar o adversário. Somos melhores tecnicamente, mas fisicamente estamos piores.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também