Tá na pista! Gabigol tenta apaziguar briga na torcida do Flamengo e avisa: 'Tô solteiro'

Três jogadores mudaram de número no Flamengo (Armando Paiva/LANCE!)


Assim como em 2019, o Centro do Rio de Janeiro foi dominado pelas cores vermelho e preto neste domingo. Após duas semanas, o time pôde, enfim, comemorar com a torcida o tetra da Copa do Brasil e o tri da Libertadores.

Porém, já no fim do percurso do trio elétrico que levava os jogadores do Flamengo, uma briga generalizada entre torcedores e policiais tomou conta das ruas. Para tentar acalmar os ânimos, o atacante Gabigol pegou o microfone e brincou:

- Galera, sem briga, hoje é no amor. Hoje é dia de beber, comemorar e fazer amor. Eu estou solteiro, hein - disse o novo camisa 10 do Flamengo.

+ Torcedores do Flamengo hostilizam Tite em festa: 'Gabigol não precisa de você'


De acordo com a segurança presente no local, as torcidas organizadas Raça Rubro-Negra e Jovem do Flamengo estariam envolvidas no conflito.

+ Opinião: torcida do Flamengo mostra mais uma vez que vai além do preço de um ingresso

Ainda em cima do trio elétrico no momento da confusão, alguns jogadores do Flamengo passaram mal por conta das bombas e gás de pimenta utilizados pela Polícia Militar na dispersão dos torcedores.