Sylvinho explica posicionamento de Fagner no Corinthians: 'Tem maior habilidade defensiva'

·3 minuto de leitura


O Corinthians apenas empatou em 0 a 0 com o Bahia, no último domingo, pela quinta rodada do Brasileirão-2021, no entanto ficou próximo de abrir o placar em Salvador graças ao desempenho ofensivo de Fagner, que criou pelo menos três oportunidades de gol no segundo tempo. Acontece que essa participação no ataque não é a prioridade do técnico Sylvinho na montagem da equipe.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre o desempenho do Corinthians no Brasileirão por pontos corridos

Em entrevista coletiva após a partida, o comandante corintiano rasgou elogios para a lateral-direito, com o qual trabalhou tanto na Seleção Brasileira, quanto no próprio Timão, quando ainda era auxiliar da comissão técnica fixa. Por conhecer muito bem o atleta, ele entende que sua melhor característica é atuando no setor defensivo, o que é dito pelo próprio camisa 23.

- Fagner é um atleta excepcional, eu tive a felicidade de participar da convocação dele para a Copa do Mundo e outros jogos amistosos importantes, de Eliminatórias, conheço muito bem o atleta. Cheguei ao Corinthians como auxiliar, em 2013, trabalhamos juntos, ele veio de linha de três no Vasco e se aperfeiçoou muito. A maior habilidade que ele conseguiu desenvolver e se tornar esse Fagner que vocês estão vendo, foi a parte defensiva, isso não sou eu que declaro, é o atleta, inclusive em gratidão a dois, três profissionais com quem ele trabalhou e ele disse "virei um lateral" - analisou Sylvinho.

O treinador alvinegro sabe que Fagner também contribui demais no setor ofensivo, como fez no segundo tempo, aproveitando os espaços deixados pelo adversário, que invariavelmente se preparam para neutralizar essa "ameaça" pela direita do ataque do Corinthians. Apesar disso, ele indicou que deve seguir priorizando as habilidades defensivas do lateral e usar o "possível" no ataque.

- Fagner tem amplas condições de ir para o ataque, óbvio que o outro time sabe, nós sabemos e todos vocês sabem. O Atlético-GO, só para retroceder um pouco, colocou dois laterais pela esquerda, porque sabem que o Fagner é uma ameaça, passa com qualidade, tem boa construção e cruzamento. No segundo tempo, as conexões foram boas, e ele conseguiu encontrar mais espaço, é uma questão de resistência, você vai subindo e vai quebrando a resistência do adversário, o jogo vai diminuindo de intensidade, o cansaço vai vindo e você vai encontrando mais espaço, foi isso que ocorreu no segundo tempo. Fagner é um atleta que nós vamos continuar usando na parte defensiva como sempre, e na ofensiva o máximo que nós pudermos, porque ele tem para dar.

Na tarde desta segunda-feira, o elenco do Corinthians se reapresenta no CT Joaquim Grava para iniciar o trabalho de preparação para a partida diante do Sport, na próxima quinta, na Neo Química Arena, às 19h, pela sexta rodada do Brasileirão-2021. Atualmente, o Timão ocupa a 11ª posição na tabela.

Bahia x Corinthians
Bahia x Corinthians

Fagner em ação contra o Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos