Surto de coronavírus em elenco da Chapecoense 'paralisa' Catarinense; saiba detalhes

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Retomado justamente no momento em que a pandemia de coronavírus apresenta seus piores números no Estado, o Campeonato Catarinense não terá seus jogos de quartas de final originalmente programados para o próximo domingo (12). A decisão partiu da Federação Catarinense de Futebol poucas horas depois do Governo do Estado decretar o cancelamento da partida entre Chapecoense e Avaí, em virtude do surto de coronavírus que atingiu o elenco alviverde.


Entre atletas do elenco profissional e membros da comissão técnica, a Chapecoense apresentou 14 testes positivos para coronavírus, de acordo com notificação da Superintendência de Vigilância em Saúde Estadual de Santa Catarina. O clube, no entanto, não divulgou tal informação antes da bola rolar pela primeira partida da eliminatória contra o Avaí: procurada pela reportagem do Globoesporte, a Chapecoense não respondeu se algum dos jogadores contaminados esteve em campo no duelo da última quarta-feira (8).


Diante do temor de contaminação em seu elenco, o Avaí realizou testes rápidos em todo o seu plantel, comissão técnica, membros da diretoria, colaboradores, maqueiros e até gandulas. De acordo com o Leão da Ilha, todos os resultados deram negativo. Ainda não está claro se a Chapecoense sofrerá algum tipo de sanção junto à Federação Catarinense por desrespeito ao protocolo sanitário e suposta omissão dos resultados da testagem pré-jogo.


Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.