Surpresa na Copa do Qatar, Coreia do Sul tenta desbancar 'favorito' para chegar mais longe


Ao se classificar para as oitavas de final da Copa do Mundo, a Coreia do Sul se consolidou como uma das maiores surpresas da atual edição da competição. Agora a seleção comandada por Paulo Bento terá uma das missões mais difíceis de sua história: eliminar o Brasil, favorito ao título.

É a décima vez consecutiva que a seleção sul-coreana participa de um Mundial, já sendo a mais regular e estabelecendo um recorde no futebol asiático. Com poucas estrelas e muita determinação, a Coreia pode chegar ainda mais longe caso avance em cima da Amarelinha.

> Brasil contra asiáticos: relembre os últimos 15 jogos em competições oficiais

A seleção da Coreia do Sul é um time com boa técnica, além de bem preparado taticamente. Conta com alguns jogadores importantes, sem tantos holofotes, como é o caso do defensor Kim Min-jae, titular absoluto de Paulo Bento, e do atacante Hwang Hee-chan, uma espécie de "coringa" no setor, que faz com que Son tenha mais liberdade.

Por falar em Son, o atacante do Tottenham-ING e um dos melhores jogadores da Premier League, é considerado o maior atleta asiático de todos os tempos e maior estrela da seleção sul-coreana. No time inglês, o camisa 7 chegou ao vice-campeonato da Champions League e foi artilheiro da Premier League em 2021-22 com 23 gols marcados.

Coréia do Sul x Portugal - Son
Coréia do Sul x Portugal - Son

Son é a maior estrela da Coreia do Sul rumo à classificação (Foto: Glyn Kirk/ AFP)

> Confira a tabela completa e classificação da Copa do Mundo!

Son é companheiro de clube de Richarlison, atacante da Seleção Brasileira, rival nas oitavas de final da Copa. A seleção amarelinha é considerada a maior favorita ao título desta edição, mas a Coreia do Sul pode usar algumas "armas" para surpreender e buscar a classificação.

Além de formarem um time compacto, os sul-coreanos podem tentar "sufocar" os talentos individuais do Brasil, evitando que o placar seja aberto "muito cedo" e as coisas se compliquem.

O técnico Paulo Bento prefere que seus jogadores mantenham marcações altas, sabendo fechar o meio-campo para depois contra-atacar com velocidade. Independente de como jogue e do resultado, a Coreia do Sul de Son e companhia já são vitoriosos.