Surfista é chamado de última hora e vive saga por Olimpíada

·2 minuto de leitura
LA LIBERTAD, EL SALVADOR - DECEMBER 13: Carlos Muñoz celebrates after winning first place on the mens finals during the Alas Latin Tour 2020 at El Tunco Beach on December 13, 2020 in La Libertad, El Salvador. (Photo by Camilo Freedman/APHOTOGRAFIA/Getty Images)
Carlos Muñoz (à direita) em ação no Alas Latin Tour 2020. Foto: Camilo Freedman/Getty Images

Convidado para as Olimpíadas após Frederico Morais positivar para Covid-19, o surfista Carlos Muñoz vem tendo grandes dificuldades para chegar a Tóquio. O surfista estava surfando na província de Limón, na Costa Rica, quando recebeu o convite. O problema é que a região estava sendo atingida por uma enchente, deixando o costa-riquenho isolado.

Carlos Muñoz usou o seu facebook pessoal para pedir ajuda, explicando a situação. "Boa noite, minha gente. Necessito da ajuda de vocês. Foi apresentada a mim a oportunidade de ir para as Olimpíadas. Estou em Guapiles (estava em Limón surfando) e não há passagens. Tenho que estar amanhã às 6 da manhã em San José! Preciso chegar e encontrar um lugar que faça um teste PCR em até 2 horas para poder pegar o primeiro voo para o Japão" disse o surfista, em sua conta pessoal

Leia também:

Postagem de Carlos Muñoz em seu facebook pessoal. Foto: Divulgação Pessoal
Postagem de Carlos Muñoz em seu facebook pessoal. Foto: Divulgação Pessoal

Após a publicação, Carlos Muñoz contou com o auxílio do corpo de bombeiros, que o resgatou via helicóptero da região e o transportou para a capital costa-riquenha. Lá, o atleta realizou o teste PCR e embarcou para o Japão. Em uma publicação no facebook do Comitê Olímpico da Costa Rica, o surfista agradeceu muito a ajuda do corpo de bombeiros e disse que está indo muito motivado para Tóquio.

No entanto, a saga de Muñoz não acabou. Por conta do pouco tempo hábil, o atleta não conseguiu chegar a tempo da primeira bateria, e acabou desclassificado dela. Ele deveria competir com o brasileiro Gabriel Medina, mas, até o momento, não conseguiu chegar a Tóquio. O costa-riquenho, caso chegue a tempo, ainda terá a possibilidade de disputar a repescagem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos