Surfista brasileira Silvana Lima é eliminada das Olimpíadas de Tóquio

·1 minuto de leitura
Silvana Lima of Brazil reacts after Tokyo 2020 women's round 3 heat of surfing at Tsurigasaki Surfing Beach in Chiba Prefecture, Japan, July 26, 2021. (Photo by Du Yu/Xinhua via Getty Images)
Ela perdeu nas quartas de final ao somar 8.30 nas notas contra 14.26 da americana Carissa Moore. (Foto: Du Yu/Xinhua via Getty Images)

A brasileira Silvana Lima foi eliminada do surfe feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na manhã japonesa desta terça-feira (27), ainda noite de segunda (26) no Brasil. 

Ela perdeu nas quartas de final ao somar 8.30 nas notas contra 14.26 da americana Carissa Moore. É o fim da participação feminina do Brasil na edição histórica das Olimpíadas, de estreia da modalidade. 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A também brasileira Tatiana Weston-Webb havia sido eliminada nas oitavas em bateria com a japonesa Amuro Tsuzuki. 

O Brasil conta agora apenas com representantes no surfe masculino, em que já tem garantia de conquistar o bronze, já que Gabriel Medina e Italo Ferreira chegaram às semifinais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos