Supremacia rubro-negra? Números mostram equilíbrio do Flamengo contra os rivais nos últimos anos

Flamengo perdeu para o Botafogo por 1 a 0, no Mané Garrincha, pelo Brasileirão (Marcelo Cortes / Flamengo)


Após a derrota do Flamengo no clássico do último domingo, o jornalista Benjamin Back, o Benja, levantou um questionamento sobre a supremacia do rubro-negro diante dos rivais cariocas. Com isso, o LANCE! realizou um levantamento dos números dos clássicos envolvendo o time da Gávea nos dois últimos anos (2021 e 2022). O intuito desta análise é compreender se a equipe tem levado a melhor sobre os rivais com frequência.

Com a transformação que passou ao longo dos anos, o Flamengo começou a ter mais investimentos e uma equipe mais qualificada em campo. Sob a batuta de Jorge Jesus, o Rubro-Negro colecionou títulos importantes como Brasileirão e Libertadores, e a torcida passou a ter novos ídolos: Gabigol, Bruno Henrique e o uruguaio Arrascaeta.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro


No entanto, desde a saída do português, o clube convive com a sombra de uma era vitoriosa, que não se reflete na atual realidade. O também português Paulo Sousa tem tido seu trabalho questionado pela torcida ainda mais depois da declaração de Jorge Jesus. O revés para o Botafogo depois de três anos e meio incendiou ainda mais o clima.

De acordo com os números, o Flamengo venceu sete clássicos neste período (2021-2022), com um triunfo sobre o Fluminense, dois diante do Botafogo e quatro contra o Vasco. Em 2021, sob o comando de Rogério Ceni, o time conquistou o Carioca (tricampeonato), o que evidenciou ainda mais essa ideia de supremacia.

Os números, porém, mostram uma realidade diferente da pregada por muitos torcedores e comentaristas. Apesar de ter vencido sete clássicos, o time também foi derrotado em oito oportunidades. A maior parte delas foi para o Fluminense (seis vezes), inclusive, na decisão do Estadual deste ano, com dois gols de Germán Cano.

+ Flamengo de Paulo Sousa 'encalha' e entra no top-5 dos piores inícios do clube no Brasileirão

Além disso, o Rubro-Negro empatou com rivais em dois momentos, ambos por 1 a 1, diante do Tricolor das Laranjeiras. Dessa forma, os números mostram que o questionamento Benjamin Back tem fundamento nos últimos anos. Depois de 2020, o Fluminense tem levado a melhor nos confrontos diretos, já contra Botafogo e Vasco, o Rubro-Negro tem tido vantagem.

Confira o desempenho do Flamengo nos últimos clássicos

2021 (9 jogos)

Flamengo 1 x 2 Fluminense - Maracanã - Brasileirão (2020)
Flamengo 2 x 0 Vasco - Maracanã - Brasileirão (2020)
Botafogo 0 x 2 Flamengo - Nilton Santos - Carioca
Flamengo 0 x 1 Fluminense - Nilton Santos - Carioca
Flamengo 1 x 3 Vasco - Maracanã - Carioca
Fluminense 1 x 1 Flamengo - Maracanã - Carioca
Flamengo 3 x 1 Fluminense - Maracanã - Carioca
Flamengo 0 x 1 Fluminense - Mané Garrincha - Brasileirão 2021
Fluminense 3 x 1 Flamengo - Maracanã - Brasileirão 2021

2022 (8 jogos)

Botafogo 1 x 3 Flamengo - Nilton Santos - Carioca
Flamengo 0 x 1 Fluminense - Nilton Santos - Carioca
Flamengo 2 x 1 Vasco - Nilton Santos - Carioca
Vasco 0 x 1 Flamengo - Maracanã - Carioca (Semifinal)
Flamengo 1 x 0 Vasco - Maracanã - Carioca (Semifinal)
Fluminense 2 x 0 Flamengo - Maracanã - Carioca (Final)
Flamengo 1 x 1 Fluminense - Maracanã - Carioca (Final)
Flamengo 0 x 1 Botafogo - Mané Garrincha - Brasileirão 2022

Total: 17 jogos
7 vitórias
2 empates
8 derrotas
​19 gols marcados
​17 gols sofridos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos