Supersticioso, Cristiano não toca na taça da Copa das Confederações

Após conquistar o título inédito da Eurocopa com Portugal, Cristiano Ronaldo terá mais uma grande missão com o seu país em junho: a Copa das Confederações. Buscando o segundo troféu da história da seleção portuguesa, o craque teve um encontro com a taça do torneio preparatório para a Copa do Mundo e não escondeu o desejo de voltar a subir no lugar mais alto do pódio com a camisa lusitana.

Apesar de se mostrar encantado com o troféu da Copa das Confederações, cujo a Seleção Brasileira é detentora dos três últimos, Cristiano Ronaldo revelou seu lado supersticioso e preferiu não tocar no objeto de desejo das oito seleções que disputarão o torneio.

“Eu nunca toco nos troféus porque dá má sorte. Agora não vou pegar, nunca se sabe. É um sonho, mas falta muito trabalho ainda, vamos ver. O sonho tem que existir sempre, vamos ver o que vai acontecer, com a equipe vai estar, se estaremos com sorte, depende de muitos fatores. Espero que Portugal possa ter a sorte de poder ganhar um troféu que também nunca ganhou na história”, disse o craque do Real Madrid.

A seleção portuguesa inicia sua trajetória na Copa das Confederações contra o México, na Arena Kazan, no dia 18 de junho. Além do país norte-americano, os atuais campeões europeus ainda terão de enfrentar Camarões e Chile pelo Grupo A da competição.