Superliga europeia é “projeto perfeito para ir à falência”, diz presidente da La Liga

·1 minuto de leitura
.

MADRI (Reuters) - O presidente da La Liga, Javier Tebas, alertou que uma Superliga europeia não seria interessante para os clubes a longo prazo, um dia depois que o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, falou da necessidade urgente de reformar as competições atuais.

"A Superliga é um projeto perfeito para ir à falência", disse Tebas ao site Goal.com nesta segunda-feira. “A Superliga é inviável. Quem diz que isso é viável, não conhece bem o negócio do futebol.”

Pérez afirmou no domingo que a pandemia de Covid-19 deixou o futebol na condição de "inovar e buscar fórmulas para garantir que o futebol continue atraente", acrescentando que o calendário de jogos atual deve ser alterado para reduzir a carga sobre os jogadores.

O ex-presidente do Barcelona Josep Maria Bartomeu disse em outubro, ao renunciar, que havia aceitado a proposta da Superliga para manter o clube viável após sofrer um grande golpe financeiro devido à pandemia.

Pérez também disse que os principais clubes precisam encontrar maneiras de sair da crise financeira causada pela pandemia. No entanto, Tebas declarou que a ideia de uma SuperLiga, que não seria organizada pela Uefa, não é popular em todo o continente, especialmente entre os dirigentes de clubes da Premier League.

"Tenho contatos com os maiores clubes ingleses e eles são contra a Superliga", afirmou.

"Eles têm a melhor competição e se esse modelo da Premier League funciona, se esse modelo da Liga dos Campeões está funcionando, por que temos que mudar?”

(Reportagem de Richard Martin)