Superintendente do Santos ganha carta branca e agiliza negociações

Gabriela Brino
LANCE!
William Thomas tem carta branca do presidente José Carlos Peres (Rodrigo Corsi/FPF)
William Thomas tem carta branca do presidente José Carlos Peres (Rodrigo Corsi/FPF)


O superintendente de futebol do Santos, William Thomas, tem agilizado as negociações para o presidente José Carlos Peres. Com carta branca, o dirigente dá andamento em alguns empréstimos para ajudar a enxugar a folha do Peixe.

Até o momento o Santos já se desfez de Matheus Ribeiro, Yuri, Felippe Cardoso, Rodrigão, Cleber Reis e Romário. Existe a expectativa de que mais jogadores sejam cedidos.

Madson, inclusive, foi ideia de William. Ele já conhecia o futebol do lateral e fechou contrato de três anos. O jogador fez cinco gols em 32 jogos pelo Athletico-PR. A troca não envolveu dinheiro, apenas cederam Victor Ferraz em definitivo.

O superintendente terá função parecida com a de Paulo Autuori. Será um elo entre o futebol e a diretoria e atenderá também os empresários e os pais e mães dos meninos da base.

A única situação "travada" no momento é a renovação de Yuri Alberto. Uma reunião estava marcada para a última semana de dezembro, mas o presidente José Carlos Peres precisou desmarcar e até agora não há novidades.

O atacante tem contrato apenas até maio de 2020 e pode assinar um pré-acordo com qualquer clube em fevereiro. O Peixe viveu a mesma situação com Gustavo Hernique, que deixou o clube de graça e reforçou o Flamengo.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também