Supercopa da Espanha tem novo formato definido e será disputada na Arábia Saudita até 2022

Barcelona com o troféu da Supercopa Espanhola (Foto: AFP)
Barcelona com o troféu da Supercopa Espanhola (Foto: AFP)


Assim como a Supercopa da Itália, a Supercopa da Espanha também passará a ser realizada fora do país. Segundo a rádio 'Cadena COPE', o torneio terá suas próximas três edições na Arábia Saudita, mais precisamente no King Abdullah Sports City, em Jeddah. A primeira edição será em janeiro de 2020.

De acordo com informações, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) assinou um contrato com a Federação da Arábia Saudita para a realização do torneio no país pelos próximos três anos, e com a presença de mulheres nas arquibancadas.

- Teremos o maior prazer em colaborar com a Federação da Arábia Saudita. Mulheres e homens comparecerão ao estádio em plena igualdade. Para nós, é um desafio que as crianças da Arábia Saudita possam melhorar através do esporte. Lideraremos um plano ambicioso com a Federação da Arábia Saudita, o início de uma competição feminina supervisionada pela RFEF - disse Luis Rubiales, presidente da RFEF.

O torneio, anteriormente disputado apenas entre o vencedor de La Liga contra o campeão da Copa do Rei, foi reformulado e passará a ser disputado no formato 'Final Four'. A partir de agora, o campeão espanhol e o campeão da Copa do Rei passam a ter a companhia do vice-campeão da Copa do Rei, e do vice de La Liga. No entanto, como o vice da Copa do Rei da última temporada foi o Barcelona, entra o time de melhor campanha no Campeonato Espanhol, sendo ele o Real Madrid.

Nesta segunda-feira, o sorteio para a divisão dos confrontos foi realizado em Madri, e foi definido que o Valencia, campeão da Copa do Rei, enfrentará o Real Madrid no dia 8 de janeiro, enquanto o Barcelona, campeão espanhol, enfrenta o Atlético de Madrid, vice-espanhol, no dia 9. A decisão ocorre no dia 12.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também