Suíço de 76 anos morre praticando windsurf no litoral do Ceará

Walter Furs morreu enquanto praticava windsurf no Ceará - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Walter Furs morreu enquanto praticava windsurf no Ceará - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um suíço de 76 anos, praticamente de windsurf, foi encontrado morto por moradores da cidade de Camocim, no litoral oeste do Ceará, na tarde da última terça-feira (17). O corpo do europeu foi localizado às margens do Rio Guriú junto com equipamentos esportivos, como prancha e vela. As informações são do G1.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O homem estava passando férias em Jericoacoara, lugar que costumava frequentar para a prática do esporte. Ele retornaria ao seu país natal no próximo dia 20 de dezembro.

Leia também

De acordo com a 2ª Companhia do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), o corpo do suíço, identificado como Walter Furs, foi encontrado por moradores da comunidade ribeirinha no início da tarde.

Leda Arndt, amiga do turista e dona do flat onde ele estava hospedado, relatou que o suíço costumava vir ao Brasil ao menos duas vezes no ano.

O suíço e a empresária eram amigos há mais de 10 anos. Ele era praticante de windsurf há muitos anos e tinha muita experiência no mar.

De acordo com a empresária, Furs passou mal pela manhã e foi ao pronto socorrido de Jericoacoara, mas não seguiu recomendações médicas de tomar soro e repousar, segundo Leda. Logo depois de visitar o médico, o suíço foi praticar windsurf.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou que o homem estava sem vida. O corpo foi levado para o Hospital Municipal de Jijoca de Jericoacoara e, em seguida, para a Perícia Forense de Sobral.

A polícia acredita que Walter Furs tenha morrido de causas naturais durante a prática do esporte. “Ele estava praticando windsurf. Tem um vídeo de quando localizaram ele, e pelo que consta aqui, ele provavelmente deve ter passado mal, caiu e morreu", diz Alan Pereira, delegado responsável pela investigação, ao G1.

Leia também