Substituto de Oliveira tem missão no Santos: 'Não sintam falta do Pastor'

Nilson, Joel, Rodrigão... Não é pequena a lista de substitutos que Ricardo Oliveira já teve no Santos desde 2015. Nesta temporada, o Peixe contratou um novo nome para o posto: Kayke. Titular na vitória sobre o São Bento, em Sorocaba, o camisa 18 participou do segundo gol servindo Lucas Lima e disse ter feito boa atuação apesar de não ter balançado as redes.

Feliz pelo posto de reserva imediato do camisa 9, ele parece saber o limite de disputa por posição com o capitão do time. Por isso, estabeleceu uma missão: quando for exigido, seu objetivo será fazer com que não se lembrem do artilheiro.

- Não vejo como uma briga, mas sim como uma competição saudável que tem que acontecer como em toda equipe. O Ricardo é um ídolo, para mim é um prazer fazer parte do elenco junto dele, partilhar vestiário, nossas conversas... Me faz muito feliz. Meu objetivo é jogar de maneira que não sintam a falta do Pastor. E eu vou continuar tentando fazer isso - pontuou.

Com a vitória em Sorocaba, o Peixe chegou à primeira colocação do Grupo D do Paulistão e a paz foi restabelecida no CT Rei Pelé. E que venha o Santo André, no sábado, fora de casa, às 15, provavelmente com Ricardo Oliveira. Antes disso, fica a análise de Kayke.

- Acredito que o futebol muda da água para o vinho muito rápido. Agora tivemos uma vitória convincente, somos líderes. Está tudo certo. Nosso clima tem que ser o mesmo, saber que estamos no caminho certo e a evolução no campo. A paciência do torcedor é pequena, eu entendo. É normal a pressão, precisamos saber lidar. Ainda tem muita coisa pra acontecer - finalizou Kayke.







E MAIS: