Substituto de Martín Silva, Jordi quer manter desempenho em clássicos

Com a ausência de Martín Silva, que está com a seleção uruguaia, o jovem Jordi foi escalado e deu conta do recado na vitória sobre o Madureira, pela Taça Rio. Agora, o goleiro será titular novamente, desta vez contra o Flamengo, neste domingo, em Brasilia. O vascaíno lembrou que já atuou em outros três clássicos como profissional e ainda não foi derrotado.

“Já tive a oportunidade de disputar três clássicos. Joguei duas vezes contra o Botafogo e outra contra o Fluminense. Foram duas vitórias e um empate. Agora jogarei o meu primeiro contra o Flamengo e espero dar continuidade ao trabalho que venho desenvolvendo. É um jogo muito importante para mim e vou trabalhar firme para ir bem. Aprendi na base que clássico não se joga, se ganha. Então, vamos em busca da vitória”, disse.

Antes da partida contra o Madureira, Jordi foi titular no duelo contra o Bangu, ainda na Taça Guanabara. Na ocasião, o goleiro defendeu um pênalti cobrado por Loco Abreu. O jogador afirmou que está preparado para ajudar os cruzmaltinos sempre que requisitado e garantiu foco no clássico.

“Sempre que o Martín está fora, entro no lugar dele e busco fazer o meu melhor. Tenho conseguido manter o que ele vem fazendo. Essa vitória contra o Madureira foi muito importante para nós. O nosso time precisava dos três pontos. Posso garantir que o grupo está focado e decidido a buscar esse tricampeonato carioca. Vamos com tudo para o clássico contra o Flamengo”, declarou.

O Vasco precisa da vitória no clássico, pois ainda não garantiu presença nas semifinais da Taça Rio, nem do Campeonato Carioca. Até o momento, os cruzmaltinos lideram o grupo C, com cinco pontos, mas podem ser ultrapassados nesta quinta-feira, caso o Fluminense vença o clássico contra o Botafogo.