Suécia impõe primeira derrota da Espanha em eliminatórias desde 1993

·1 minuto de leitura
Sueco Viktor Claesson comemora gol na vitória contra a Espanha

ESTOCOLMO (Reuters) - A Suécia se recuperou após sair atrás no placar e conseguiu nesta quinta-feira uma vitória por 2 x 1 sobre a Espanha, que não perdia nas eliminatórias para a Copa do Mundo há 28 anos.

Alexander Isak e Viktor Claesson tiveram finalizações perfeitas para superar o gol de Carlos Soler para os semifinalistas da Euro 2020, colocando a Suécia no topo do Grupo B.

"É uma pena, queríamos a vitória, e provavelmente no nosso melhor momento do jogo eles marcaram o segundo gol", afirmou o capitão da Espanha, Sergio Busquets.

"O grupo fica bem mais complicado agora e não temos mais as coisas nas nossas mãos. Estávamos indo bem, mas talvez tenha faltado um pouco de sorte, mas temos que continuar --há ainda uma série de jogos até o final, mesmo se agora o cenário não seja o melhor".

A Suécia chegou aos 9 pontos, com três vitórias após três jogos, enquanto a Espanha caiu para a segunda posição do grupo, com 7 pontos e tendo disputado um jogo a mais.

(Reportagem de Joseph Walker)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos