Suárez revela confiança na classificação do Barcelona, mas alerta: "Temos que ter paciência"

O Barcelona perdeu por 4 a 0 para o PSG no Parc des Princes. Mas a goleada sofrida não acabou com a confiança de Luis Suárez. O uruguaio pediu para o clube catalão para não ficar "louco" desde o início da segunda partida das oitavas de final da Champions League e manter a calma no confronto disputado no Camp Nou.

Apesar de precisar marcar muitos gols, Suárez se recusa a jogar a toalha ainda. O jogador sublinhou que ele e seus companheiros precisam manter a calma durante todo o jogo para ter chances de se classificar à próxima fase da competição continental.

"A derrota na primeira partida nos machucou, mas o que é bom no futebol é que você tem a chance de reverter, temos demonstrado um bom futebol e uma boa atitude, com bons gols", afirmou Suárez em entrevista coletiva.

Luis Suarez FC Barcelona

(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:
"Tenho boa relação com Agüero" | Griezmann elogia Torres | Walter está fora do Goiás

"Estamos ansiosos para o jogo, será um grande desafio. Nós estamos cientes de que a segunda parte da eliminatória tem 90 minutos.Temos que ter paciência. Não podemos perder a calma. Nós, obviamente, temos que ser ambiciosos, mas não devemos enlouquecer desde o primeiro minuto", analisou ele.

"Nós queremos fazer história, os jogadores estão conscientes do que está em jogo, nós percebemos que vai ser difícil, mas não é impossível.Nós estamos convencidos de que podemos fazer isso. Se alguma equipe pode marcar quatro gols, é o Barcelona Temos que nos ater a nossa filosofia, mesmo que estejamos jogando contra uma grande equipe", apontou o camisa 9.

"Nós tentaremos não dar nenhuma chance para eles, sabemos que são perigosos, eles também sabem que podemos oferecer perigo, temos que ser pacientes, unidos e permanecer positivos, temos que dar tudo para mudar as coisas. Alcançar a próxima rodada seria espetacular e um grande impulso, seria algo realmente positivo, mas não podemos nos dar o luxo de olhar muito para frente. O mundo inteiro está esperando por esse jogo", concluiu Suárez.