STJD reativa processo contra Bruno Henrique, que pode ser punido com até seis jogos de suspensão

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu reativar o processo contra Bruno Henrique, atacante do Flamengo. A denúncia contra o atleta é pelo lance em que ele atingiu o rosto e causou uma fratura no nariz do volante Breno, do Goiás, no confronto entre as equipes pela 11ª rodada do Brasileirão.

+ Veja mais notícias do Flamengo

Anteriormente, a comissão disciplinar não havia dado prosseguimento à denúncia do Goiás por entender que o lance não fugiu da visão da arbitragem. A Procuradoria recorreu, e o Pleno decidiu que o clube goiano, como autor da notícia de infração, deverá ser intimado. Em seguida, a comissão terá que votar pela procedência ou não dos termos da denúncia.

+ Ainda dá para o Fla? Confira a tabela completa do Brasileirão

Dessa forma, Bruno Henrique - que não levou cartão na ocasião - poderá ser enquadrado no artigo de jogada violenta, que prevê gancho de um a seis jogos de suspensão. O caso será analisado na próxima sessão da Terceira Comissão Disciplinar.