STJD não envia acórdão, e Paranaense continua sem data para quartas

NAPOLEÃO DE ALMEIDA

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O torcedor paranaense não sabe se terá jogos para assistir no final de semana. Após a decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) de punir o J. Malucelli e manter os confrontos das quartas de final, trocando apenas o time punido pelo Rio Branco, com objetivo de não anular as partidas já realizadas, os jogos de volta desta fase ainda não foram confirmados pela FPF (Federação Paranaense de Futebol).

A entidade alega que não recebeu o acórdão com as determinações do STJD até a noite de quinta-feira (6) e, portanto, não tinha como marcar as partidas. A FPF chegou até a homologar a realização do jogo entre Coritiba e Cascavel para este sábado (8), às 18h30, mas voltou atrás e emitiu nota explicando que não recebeu o documento do STJD.

Com isso, o Paranaense pode não ter jogos no final de semana e pior: sem resolver a outra questão que ficou pendente desde a decisão do STJD, que colocou o Rio Branco como virtual 4º colocado. Apesar de terminar em nono lugar, o time de Paranaguá herdou a vaga que seria do J. Malucelli. Nos bastidores, Paraná Clube e Cascavel sinalizaram interesse em discutir judicialmente o tema, uma vez que teriam outros adversários com uma nova classificação.

A FPF, porém, espera homologar os jogos já no início da tarde desta sexta (7). Com base no Estatuto do Torcedor, que prevê urgência de até 48h para marcação de partidas em fases eliminatórias, a tendência que é todos os jogos sejam no domingo, exceto Coritiba x Cascavel, que por uma questão de policiamento ficaria para segunda ou terça-feira.