STJD apenas adverte Corinthians por sinalizadores na final da Copa do Brasil

Jogadores do Timão aplaudindo a Fiel no Maracanã (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)


O Corinthians recebeu uma advertência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) pela presença de sinalizadores durante a derrota corintiana nos pênaltis contra o Flamengo, no Maracanã, pela final da Copa do Brasil. A decisão foi por maioria de votos da Quinta Comissão Disciplinar, e cabe recurso junto ao Pleno do STJD.

+ Corinthians fecha ano com seu 7º melhor aproveitamento como visitante no Brasileirão; relembre campanhas

Aos 38 minutos do segundo tempo, logo após o gol de Giuliano, alguns torcedores corintianos presentes no estádio Jornalista Mário Filho acenderam sinalizadores na arquibancada, e o jogo ficou parado por cerca de dois minutos.

Dessa forma, o Timão foi denunciado com base no artigo 213, inciso I, § 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê multa entre R$ 100 e R$ 100 mil, além da perda de mando de campo de um a dez jogos por “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: desordens em sua praça de desporto”.

+ Veja tabela e simule a última rodada do Campeonato Brasileiro

A relatora do caso, Alessandra Paiva, argumentou que após os avisos no telão, a torcida corintiana parou com o uso dos sinalizadores. Dessa forma, ela decidiu aplicar multa de R$ 100, convertida em advertência.

No jogo de ida, disputada na Neo Química Arena, o Timão foi multado pelo STJD em R$ 11 mil pelo atraso da equipe alvinegra e o lançamento de objetos no campo por torcedores corintianos.