STF julga na quinta-feira ações contra realização da Copa América no Brasil

·1 minuto de leitura
Ministra do STF Cármen Lúcia

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, decidiu convocar para a quinta-feira uma sessão extraordinária do plenário virtual para decidir a respeito de ações que questionam a realização da Copa América no Brasil, competição marcada para começar no próximo domingo.

Fux acatou pedido da ministra Cármen Lúcia, relatora de processos movidos por partidos políticos e um parlamentar oposicionistas contrários à realização do evento em meio ao elevado número de casos e mortes por Covid-19 no país.

O governo Jair Bolsonaro, entretanto, deu respaldo para sediar a competição que tinha sido preterida pela Colômbia e pela Argentina.

"Considerando a fundamentada excepcionalidade do caso..., acolho a solicitação apresentada pela eminente ministra relatora, para inclusão do feito em sessão virtual extraordinária do plenário desta corte, com início em 10/06/2021 (à 00h00min) e término em 10/06/2021 (às 23h59min)", determinou o presidente do STF.

(Reportagem de Ricardo Brito, em Brasília, e Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos