Sterling só voltará a defender a Inglaterra na Copa se tiver garantias de segurança para a família, diz site


O atacante Raheem Sterling dificilmente jogará pela Inglaterra o duelo de quartas de final da Copa do Mundo, contra a França, neste sábado (10). O atleta teve a sua casa, em Surrey, região metropolitana de Londres, invadida e só voltará ao Qatar quando tiver garantias de que a sua família está totalmente segura. Ele pode nem disputar mais o Mundial.

A informação foi publicada inicialmente pelo ‘The Sun’, que ouviu fontes ligadas ao jogador e a sua família, e também foi replicada com confirmações e mais detalhes por outros portais britânicos, como o Daily Mail.

+ Estádio 974 será desmontado: saiba se ele poderá ser aproveitado na América do Sul

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As primeiras informações referentes ao assalto é que a família de Sterling estava presente. No entanto, a esposa do atleta, Paige, mais os três filhos do casal estavam no Qatar, acompanhando a fase de grupos da Copa, e a invasão ocorreu durante esse período. A mulher do atacante se deu conta do que aconteceu na noite do último sábado (3), quando notou o desfalque de jóias e relógios que, juntos, eram avaliados em 300 mil euros (R$ 1,6 mi, na cotação atual). Ela automaticamente acionou a polícia.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule os jogos do mata-mata da competição

A residência de Sterling fica em um condomínio fechado, avaliado em 6 milhões de libras (R$ 38,1 mi, na cotação atual). Ele se mudou recentemente para lá, logo após se transferir do Manchester City para o Chelsea, em julho deste ano. A iniciativa de morar ali foi justamente pela ideia de ter mais segurança. Porém, os vizinhos do jogador acreditam que o crime tenha sido planejado, já que algumas obras eram realizadas no local durante a semana, e isso contava com a presença de empreiteiros e outros funcionários que tinham acesso à casa.

Charlotte x Chelsea - Raheem Sterling
Charlotte x Chelsea - Raheem Sterling

Sterling tem 19 jogos, cinco gols e duas assistências atuando pelo Chelsea (Foto: JACOB KUPFERMAN / AFP)

Sterling é o segundo atleta do Chelsea a ter a sua residência invadida em um intervalo de pouco mais de um ano. Em setembro de 2021, o lateral Reece James também teve a sua casa roubada, enquanto defendia os Blues em um jogo da Liga dos Campeões. Na ocasião, um cofre com as medalhas que o jogador conquistou no futebol foi aberto e os itens levados pelos criminosos.

A Inglaterra liberou o atacante para retornar para Londres e não o pressionará para retornar. O próprio técnico Gareth Southgate deixou claro que a família vem em primeiro lugar e que o momento é do grupo desejar força e dar suporte ao jogador.

A ausência de Sterling abre espaço para o garoto Phil Foden, de 22 anos, e que atua no Manchester City. O jogador foi titular na vitória inglesa por 3 a 0 sobre Senegal, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, e se destacou dando duas assistências.

Kane e Foden - Inglaterra x Senengal - Copa 2022
Kane e Foden - Inglaterra x Senengal - Copa 2022

Subistituto de Sterling contra Senegal, Phil Foden deu duas assistências (Foto: EFE/EPA/Noushad Thekkayil)