Stefannie Koyama leva ouro em seu primeiro Grand Slam na carreira

Na primeira manhã de finais do Grand Slam de Baku, no Azerbaijão, o Brasil conseguiu uma medalha de ouro surpreendente. Stefannie Koyama, de apenas 21 anos e em sua primeira competição do nível de um Slam, venceu favoritas e subiu ao lugar mais alto do pódio na categoria ligeiro (até 48kg).

Stefannie foi arrasadora em suas duas primeiras lutas. Contra a atleta da casa Aisha Gurbanli e contra a ucraniana Maryna Cherniak, a brasileira venceu com ippon. Já na semifinal, no duelo contra Taciana Lima, brasileira que representa a Guiné-Bissau e é campeã africana, Koyama conseguiu dois wazari e, na sequência, o ippon, se classificando para a grande decisão.

Na final, a brasileira encarou a sérvia Milica Nikolic. Tomando a iniciativa no confronto, Koyama conseguiu dois wazari, um a 1min40s e outro a 50s do final em golpes semelhantes. Nos segundos finais de luta, a adversária tentou manobras desesperadas, mas não conseguiu pontuar e acabou derrotada pela jovem, que levou a primeira e única medalha do dia para o Brasil.

Campeã olímpica do ligeiro em Londres 2012, Sarah Menezes não conseguiu medalhar no meio leve (até 52kg). A brasileira venceu a azeri Nakazat Azivova na primeira luta por wazari e a polonesa Karolina Pienkowska na segunda por punições. Derrotada pela romena caméã Alexandra-Larisa Florian na semifinal, a brasileira acabou perdendo por wazari para a eslovena Anja Stangar na disputa pelo bronze e ficou na quinta colocação.

O mesmo ocorreu com Eric Takabatake. No ligeiro masculino (até 60kg), Eric venceu suas duas primeiras lutas, mas perdeu no golden score da semifinal e foi imobilizado por Okhan Safarov, judoca da casa, na luta que valia o terceiro lugar.

Já Gilmara Prudêncio, no peso leve (até 57kg), acabou derrotada logo em sua segunda luta. Na repescagem, um ippon sobre a azeri Leyla Shanin lhe deu a oportunidade de lutar pelo bronze. Contra a polonesa Julia Kowalczyk, um ippon fulminante a 1min30s do final tirou as chances de medalha da brasileira.

As competições no tatame de Baku voltam neste sábado, com Alex Pombo competindo no peso leve (até 73 kg) e Eduardo Yudi representando o Brasil no meio médio (até 81 kg). No domingo, cinco judocas brasileiros lutam: Melina Scardua, Samanta Soares, Camila Yamakawa, Bruno Mendonça e Rafael Silva.

Confira a programação:

Sábado (11 de março):

Peso leve (até 73 kg) – Alex Pombo x vencedor de Yeldos Zhumakanov (KAZ) x Telman Valiyev (AZE)

Peso meio médio (até 81 kg) – Eduardo Yudi x Kenya Kohara (JPN)

Domingo (12 de março):

Peso meio pesado (até 78 kg) – Melina Scardua x Gunel Hasanli (AZE) e Samanta Soares x Mehriban Imamzada (AZE)

Peso pesado (+78kg) – Camila Yamakawa x Shams Hajiyeva (AZE)

Peso médio (até 90 kg) – Bruno Mendonça x Tural Safguliyev (AZE)

Peso pesado (+100 kg) – Rafael Silva x vencedor de Guram Thsishvli (GEO) x Aykhan Jafarov (AZE)