Membro do staff de Jorge Jesus vê chance grande de acerto com Benfica

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Multa no contrato de Jorge Jesus é de apenas 1 milhão de euros (Thiago Ribeiro/Agif)
Multa no contrato de Jorge Jesus é de apenas 1 milhão de euros (Thiago Ribeiro/Agif)

Não são apenas os jornalistas portugueses que parecem convencidos de um acerto entre Jorge Jesus e o Benfica. Uma pessoa próxima ao treinador, que faz parte de seu staff no Flamengo, aposta na volta a Portugal. “O Jorge Jesus já tem falado em tom de despedida”, confidencia o parceiro de JJ, pedindo anonimato.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O Benfica entrou forte no páreo com uma proposta de 6 milhões de euros, livres de impostos, por ano. Era exatamente isso que Jesus sonhava em ganhar do Fla em meio à pandemia. Diante da falta de receitas, o presidente Rodolfo Landim topou bancar perto dos 4 milhões de euros.

Leia também:

Como JJ não tinha outras ofertas na época, aceitou as cifras rubro-negras, mas exigiu uma multa rescisória relativamente baixa, de 1 milhão de euros. E o presidente do Benfica, Luis Filipe Vieira, já se comprometeu a pagá-la para contratar o treinador tão logo o Campeonato Carioca termine - o Fla faz só mais dois jogos, no domingo e na quarta, nas finais contra o Fluminense.

Além do salário bem mais alto, o Benfica ainda sugeriu um contrato de cinco temporadas. Pesa a favor do convite português a possibilidade de ficar mais perto dos familiares e amigos - Jorge Jesus ouviu um pedido dos filhos para que volte a Lisboa.

Porém, segundo esse membro do staff do técnico, o grande problema seria o impacto causado pelo rompimento de um contrato com o Flamengo que acaba de ser assinado. Mas isso deixou de ser uma preocupação para JJ depois que ele ouviu a notícia de que Marco Silva, seu compatriota, já teria sido sondado pelo Rubro-Negro. Procurado pelo Blog, Marcos Braz não quis comentar o assunto.

Desde o início das especulação, Jorge Jesus não se pronunciou. É certo que a derrota nos pênaltis para o Fluminense na última quarta só adiou a definição do caso: ele estaria em Lisboa nesta sexta-feira se o Fla tivesse sido campeão - jogadores e comissão técnica ganhariam uns dias de folga e JJ havia programado uma visita a seus familiares.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.