St-Pierre chama Bisping de bêbado e clima esquenta em encarada

O primeiro encontro entre Michael Bisping e Georges Saint-Pierre antes da disputa de cinturão dos médios programada para o segundo semestre de 2017 pegou fogo. Atrasado, o inglês iniciou suas provocações, que não ficaram sem resposta e acabaram com acusações e farpas trocadas na hora da encarada.


Ao chegar mais de 20 minutos atrasado na coletiva, Bisping, com a voz rouca, alfinetou GSP o chamando de "pequeno" e prometendo acabar com ele. St-Pierre manteve a compostura e ironizou o inglês, perguntando a razão de sua voz rouca e sugerindo que ele estivesse bêbado.

- Ele é um meio-médio, eu sou um peso-médio, já lutei até de meio-pesado e mal posso esperar para ver a diferença de tamanho entre nós. Volte para Canadá! Você estava com medo dos usuários de esteroides, dos dopados, saiu fora, não sei o que você fez. Você voltou, o esporte está diferente, você ficou para trás. É fim de historia - disparou Bisping, sendo imediatamente ironizado por St-Pierre.

- Ainda está bêbado? O que acontece com ele? Está bêbado? O que acontece aqui? Não me importo onde será montado o octógono. Vou bater aquele homem bêbado - rebateu Georges.

Bisping aproveitou a acusação de que estava bêbado e declarou que não enxerga no rival o espírito de lutador que vê em outros atletas do UFC.

- Tenho estado bêbado minha carreira inteira. Dana (White) sabe. Sou inglês, estou em Vegas. Mas eu vou lutar. Essa é a diferença entre eu e você. Luto com você agora. Sou um lutador de verdade e você é um atleta, apenas isso. Eu sou um lutador - afirmou.

Na hora da encarada, mais provocações. St-Pierre declarou que Bisping estava "cheirando a álcool" quando se aproximou para a encarada promocional.

Michael Bisping e Georges Saint-Pierre se enfrentam em superluta que vale o cinturão dos médios, ainda sem data ou local definidos para acontecer.












E MAIS: