Melhor que Messi? Boxeador é eleito o atleta argentino do ano

Esporte Interativo
Yahoo! Esportes
Lutador conquistou cinturão em setembro.

Sergio Martinez

Lutador conquistou cinturão em setembro.

Desde 1954, a Associação de Jornalistas Argentinos concede o prêmio "Olimpia de Oro" para o melhor atleta do país no ano. Com 90 gols marcados no ano, Lionel Messi não faturou o prêmio (terminou em terceiro), que foi entregue ao boxeador Sergio Martínez. Na segunda colocação ficou Sebastian Crismanich, lutador de taekwondo responsável pela única medalha de ouro dos hermanos nas Olímpiadas de Londres.

Veja também:
- Sorteio coloca Real Madrid e Manchester United frente a frente na Liga dos Campeões
- Damião garante vitória de Ronaldo sobre Zidane em Jogo Contra Pobreza
- Pior posição da história: Brasil termina o ano em 18º no ranking na Fifa

Apesar da concorrência com o craque do Barcelona, Martínez merece a honraria. Em setembro, o lutador venceu o mexicano Julio César Chávez e conquistou o cinturão dos médios do Conselho Mundial de Boxe.

Como consolo, Messi, que ganhou a votação no ano passado, pode se apoiar em Maradona. Com várias temporadas fantásticas, El Pibe também só conquistou o troféu em 1986, ano em que deu a Copa do Mundo aos argentinos.

O maior vencedor do Olimpia de Oro, por coincidência também é um boxeador. Santos Benigno Laciar, que defendeu seu cinturão de peso mosca por dez vezes, foi tricampeão em 1982, 1983 e 1984. Nomes como os tenistas Guillermo Vilas e Gabriela Sabatini e o jogador de basquete Manu Ginobili venceram duas vezes. Pentacampeão da Fórmula 1, Juan Manuel Fangio foi o primeiro ganhador.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também