Lucas Prado avalia o ano e faz pedido para o Papai Noel

Velocista quer mais conquistas até a Olimpíada do Rio de Janeiro.

Lucas Prado e Justino Barbosa
.

Exibir foto

Lucas Prado e seu guia Justino Barbosa exibem medalha de prata conquistada na Olimpíada de Londres. (Foto: Reprodução Internet)
Lucas Prado não tinha as pistas de atletismo entre seus sonhos. Mas em 2003, um deslocamento de retina começou a transformar sua vida. Nesse ano, Lucas teve o primeiro diagnóstico médico de coriorretinite, uma inflamação no fundo do olho, que o cegaria anos depois. A partir daí, o atleta se aventurou no futebol de 5, goalball mas foi no atletismo que se firmou como grande atleta paralímpico do Brasil. Em Pequim, conquistou medalhas de ouro nos 100m, 200m e 400m T11 e recorde mundial nas duas primeiras. Na Olimpíada de Londres, conseguiu duas medalhas de prata.

"Esse ano, pra mim, não foi bom porque foi um ano de lesão. Tive em 2011 e agora esse ano, então estou preparando e tratando com um dos melhores fisioterapeutas do Brasil, o Filé. Estamos fazendo um balanceamento para voltar a correr ano que vem a partir de março", afirmou Lucas Prado em entrevista exclusiva ao Yahoo! Esporte Interativo.

LEIA TAMBÉM 

Wozniacki é acusada de racismo após imitar Serena Williams

Jogadora de vôlei de praia tem rosto desfigurado

Varejão volta a brilhar nos garrafões, mas Cavs não resistem aos Bucks

 

Sobre a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, Lucas contrariou a maioria das pessoas que falam sobre a dificuldade em lidar com a pressão jogando em casa, e afirmou que vai se sentir muito melhor no seu páis.

"Vai ser muito melhor aqui. Nós não vamos ter problema de comida, de fuso horario, a torcida vai ser nossa, os árbitros vão falar português. Em Londres, o estresse era tão grande que o árbitro falava em inglês, às vezes não tínhamos um coordenador do lado para traduzir e acabávamos sendo prejudicados. Então a festa vai ser nossa e vamos correr por um medalha", acredita Lucas.

Com 2012 acabando e as festas de fim de ano chegando, Lucas já sabe o que vai pedir para o Papai Noel.

"Meu pedido para o ano que vem é não ter lesão. E, se possível, durante os próximos quatro anos também", desejou Lucas.
Lamentamos que você não tenha gostado deste comentário. Informe um motivo abaixo.

Tem certeza?
Classificação falhou. Tente novamente.
Falha na solicitação. Tente novamente.
Promoveremos comentários construtivos e espirituosos para aparecerem primeiro, todo mundo vai vê-los!
Lamentamos, mas não é possível carregar comentários no momento. Tente novamente.