Ginasta morre após acidente de carro no Espírito Santo

Leonardo Sacco
Destroços do carro e a ginasta Eduarda Mello Queiroz (Carlos Palito/TV Gazeta (ES) e Reprodução/Facebook)
.

Exibir foto

Destroços do carro e a ginasta Eduarda Mello Queiroz (Carlos Palito/TV Gazeta (ES) e Reprodução/Facebook)

A ginasta Eduarda Mello Queiroz, de 17 anos, morreu em acidente automobilístico na BR-262, no Espírito Santo. Filha de Monika Queiroz, ex-treinadora da seleção brasileira de conjunto de ginástica rítmica, ela estava acompanhada da também ginasta Natália Gaudio, 19 anos, que por sua vez não chegou a se ferir no acidente.

De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal as jovens estavam em uma casa noturna junto de Luis Felipe Costa, 20 anos, que dirigia o carro e está internado em estado grave em um hospital em Vitória, capital do Espírito Santo. O jovem perdeu o controle do carro por volta das 6h e deslizou na pista. O deslize terminou em capotamento que só acabou após o veículo se chocar com uma árvore.

Ainda segundo a polícia, Eduarda estava no banco de trás sem cinto de segurança, mesma situação de Luis, que também não contava com a proteção no banco do motorista. Natália, a única que não se machucou, estava no banco do passageiro e era também a única que utilizava o cinto.

No começo do mês Eduarda foi vice-campeã brasileira em conjunto na ginástica rítmica, sendo treinada por sua mãe.

Lamentamos que você não tenha gostado deste comentário. Informe um motivo abaixo.

Tem certeza?
Classificação falhou. Tente novamente.
Falha na solicitação. Tente novamente.
Promoveremos comentários construtivos e espirituosos para aparecerem primeiro, todo mundo vai vê-los!
Lamentamos, mas não é possível carregar comentários no momento. Tente novamente.