Capita: “Vamos insistir em um cara que não arruma nada há 10 anos”

Esporte Interativo
Yahoo! Esportes
Capitão do Tri participa da Soccerex nesta quarta-feira.
Capitão do Tri participa da Soccerex nesta quarta-feira.

Zico e Carlos Alberto Torres, vitoriosos ao longo de suas carreiras, teriam muitas histórias e conhecimentos para compartilhar com os espectadores do talk show que os reuniu nesta quarta-feira, na Soccerex, feira de negócios de futebol realizado na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Os rumores e a seguinte confirmação do retorno de Luiz Felipe Scolari ao comando da Seleção Brasileira, porém, desviaram a atenção de ambos durante o bate-papo. Diferente de Zico, que elogiou a chegada de Felipão, o Capitão do Tri não poupou críticas à decisão da CBF. Para Carlos Alberto, Scolari não vem obtendo resultados expressivos nos últimos anos que referendem sua escolha.

“Não acho que um técnico que colocou um time na segunda divisão este ano deva assumir a seleção”, disse, referindo-se ao trabalho de Felipão à frente do Palmeiras em 2012. “O técnico tem de ser o melhor agora, não o que foi melhor há 10 anos”.

Ainda sem ter a confirmação oficial da notícia, o ex-lateral citou alguns treinadores que deveriam figurar primeiro na lista de alvos da CBF.

“ Estão falando muito do Felipão, mas não sei se é o ideal. Há profissionais que estão à frente no momento. Talvez, Muricy, Luxemburgo, Tite, ou o campeão brasileiro, o Abel”, afirmou.

Carlos Alberto também defendeu uma possível, no momento, chegada de Pep Guardiola, ex-técnico do Barcelona.

“O Guardiola está aí há um ano, doido para assumir a seleção brasileira. Mas vamos insistir na mesma coisa, um cara que rebaixou o Palmeiras e não arruma nada há 10 anos”, criticou o Capita.

Quando a volta de Felipão já era dada como certa. Zico elogiou a escolha do gaúcho, assim como a de Parreira para o cargo de diretor-técnico.

“São pessoas que ajudaram o Brasil a conquistar títulos mundiais e acho que o Brasil está bem entregue. Tenho o maior respeito e carinho e a felicidade de ser amigo dos dois”, concluiu o Galinho.















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também