A chegada de Lúcio sugere a volta dos três zagueiros no tricolor?

No segundo turno do Brasileirão 2012, bem como na Copa Sul-Americana, o São Paulo acertou seu time e, principalmente, sua defesa.  Desde a chegada de Ney Franco, o setor defensivo ficou mais sólido e a zaga, formada na maioria dos jogos por Rhodolfo e Rafael Tolói, sofreu apenas 29 gols em 40 jogos. Na Sul-Americana o desempenho é ainda melhor: dois gols sofridos em dez partidas.

Veja também:
- Dirigente do Milan virá ao Brasil negociar Robinho, afirma jornal
- Reforço no olímpico: Grêmio anuncia a contratação de Dida
- Nenê expressa desejo de sair do PSG e pode pintar no Brasil em janeiro

Ainda assim, o clube contratou, para 2013, o zagueiro pentacampeão Lúcio. O reforço de peso sugere a possibilidade de haver uma mudança no esquema são-paulino: para não manter o experiente jogador no banco, nem tirar da equipe titular os defensores que  tiveram bom desempenho em 2012, Ney Franco poderia optar por escalar o time com três zagueiros.

Sobre o assunto, Lúcio afirmou que a escolha fica apenas a cargo do técnico: "Não posso opinar sobre o trabalho do treinador, apenas respeitar a decisão dele". O zagueiro afirmou que veio para dar seu melhor e ajudar a equipe, independentemente do esquema de jogo utilizado.

No caso de o técnico escolher esse esquema, o ala direito Douglas, que perdeu espaço na equipe em 2012, pode recuperar seu lugar no time, devido à sua força ofensiva. Paulo Miranda, que vinha sendo utilizado com lateral, poderia ir para a reserva, já que suas funções eram mais defensivas por ser zagueiro de ofício. Do lado esquerdo, Cortês poderia desempenhar a função de ala.

O esquema 3-5-2 também poderia solucionar outro problema são-paulino: ainda sem o substituto ideal para Lucas, que foi para o Paris Saint-Germain, o time poderia jogar com apenas um meia. Nesse caso, o titular seria Jadson ou Ganso.  Dessa maneira, a força ofensiva seria dividida entre os alas da equipe.

Vale lembrar que, num passado recente, o uso de três zagueiros no time titular fez muito sucesso no São Paulo. O tricolor foi tricampeão brasileiro (2006,2007 e 2008) jogando a maioria de suas partidas nesse esquema montado pelo então técnico Muricy Ramalho.

Zagueiros como Lugano, Miranda, Alex Silva e André Dias se destacaram jogando entre três defensores no São Paulo. Na ala, Jorge Wagner, e até o improvisado Richarlyson, viveram grandes fases jogadndo dessa forma.

Deixando de lado suposições, o recém contratado Lúcio, apesar do currículo exemplar, precisará mostrar que tem condição de jogar na zaga tricolor. Em sua recente passagem pela Juventus, ele não conseguiu se firmar no time titular e acabou disputando apenas partidas oficiais pelo clube em seis meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos