Fanatismo corintiano choca japoneses em Yokohama

Caixão Chelsea
.

Exibir foto

Torcedores do Corinthians levam o "caixão do Chelsea" para o estádio de Yokohama

Os japoneses nem são malucos por futebol. O beisebol é o principal esporte do país. Ao torcer, eles aplaudem jogadas dos adversários e permanecem em silêncio na maior parte do tempo. Nada poderia ser mais diferente disso do que a torcida do Corinthians.

No estádio de Yokohama, eles estranharam inicialmente quando ouviram os "fuck you, Chelsea" gritados pelos corintianos. Depois, quando se viram em minoria, passaram a rir. Nos estandes dos patrocinadores, sempre que apareciam, um corintiano vinha para estragar a foto.

As imagens de brasileiros tentando virar garrafas inteiras de saquê também assustaram os locais. "Povo maluco", disse um deles ao passar pela reportagem do Yahoo. Outros preferiram desistir do clube inglês e aderir à ampla maioria - são esperados 30.000 no estádio em Yokohama.

Já na estação de trem da cidade os japoneses sacaram seus telefones para gravar imagens da multidão que tomava conta da cidade. Já ali muitos compraram cachecois e bandeiras corintianas. Na primeira partida o Corinthians atuou em Toyota, no centro do país.

Yokohama fica bem mais próxima de Tóquio e tem um vínculo intenso com o Brasil: foi ali que a seleção conquistou o pentacampeonato mundial em 2002.

Exibir comentários (136)
  • Ronaldinho entra no fim, marca dois e é aplaudido por torcida rival no México

    Aos 35 anos, Ronaldinho Gaúcho continua protagonizando cenas memoráveis no futebol. Na noite deste sábado, o brasileiro saiu do banco do Querétaro-MEX aos 39 minutos do segundo tempo para marcar dois gols e contribuir para a goleada do time, por 4 a 0, sobre o rival América-MEX. Além dos tentos em apenas oito minutos jogando, seu grande feito foi arrancar aplausos da torcida adversária no Estádio Azteca, na capital mexicana. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás
  • Em casa, Corinthians atropela campeão Brasil Kirin: 6 a 1

    O encontro entre Corinthians e Brasil Kirin pode ser visto como um clássico da Liga Futsal, mas o que se viu em quadra neste sábado foi um massacre. No ginásio do Parque São Jorge, o Timão não tomou conhecimento do atual campeão nacional e goleou por 6 a 1. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás
  • René Simões exalta classificação e avisa: "O melhor está por vir"

    Líder da primeira fase do Campeonato Carioca, o Botafogo precisou suar muito para superar o Fluminense nos pênaltis e avançar à final da competição. A equipe das Laranjeiras havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1 no Maracanã, resultado que foi devolvido pelo esquadrão alvinegro no Engenhão, neste sábado. Questionado na entrevista coletiva qual seria o nome do filme da dramática classificação botafoguense, o treinador René Simões definiu o time como "faminto e apressado" e projetou que "o melhor está por vir" no Estadual. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás
  • Enderson critica planejamento do clube, mas se responsabiliza por revés

    Em uma noite em que tudo deu errado para o Atlético Paranaense, que perdeu para o Rio Branco por 3 a 1, no Torneio da Morte do Campeonato Paranaense 2015, pouca coisa pode ser aproveitada pelo Rubro-Negro, a não ser mais lições a se aprender. O técnico Enderson Moreira deu todos os méritos ao adversário, mas foi crítico à atuação de sua equipe, que praticamente não levou perigo ao gol adversário durante 90 minutos e tomou pressão por todo o primeiro tempo. Mais »

    Gazeta Press - 6 horas atrás
  • Após tropeço do Furacão, Weverton diz: "Estamos tristes e envergonhados"

    O torcedor do Atlético Paranaense foi à Arena da Baixada para assistir ao fim da agonia do time na luta contra o rebaixamento do Campeonato Paranaense 2015, mas voltou para a casa novamente com a cabeça inchada. Derrota por 3 a 1 para o Rio Branco de Paranaguá, que mantém o Torneio da Morte aberto e escancara mais uma vez os problemas do Furacão. O goleiro Weverton admite o desconforto do grupo, mas quer esquecer o tropeço e já pensar no Prudentópolis, próximo desafio no Torneio da Morte. Mais »

    Gazeta Press - 6 horas atrás