Goleiro do Leicester lamenta pênalti: "Arruinou nosso plano de jogo"

Madri, 12 abr (EFE).- O goleiro Kasper Schmeichel, do Leicester, criticou o desempenho da arbitragem na derrota para o Atlético de Madrid por 1 a 0 nesta quarta-feira na capital espanhola, em jogo de ida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, e reclamou bastante do pênalti marcado para os donos da casa, que acabou sendo determinante para o placar.

"Está claro que não foi pênalti. Uma decisão ruim arruinou o plano de jogo. É uma decisão difícil de assumir quando está tão claro e tão óbvio que não foi pênalti. Deveríamos ter levado algo da partida, mas temos que aceitar essas coisas", lamentou o arqueiro dinamarquês em entrevista à emissora britânica "BT Sport".

Ainda no primeiro tempo do duelo no estádio Vicente Calderón, Marc Albrighton derrubou Antoine Griezmann fora da área, mas o árbitro sueco Jonas Eriksson marcou pênalti. O próprio francês converteu a cobrança e selou o triunfo do 'Atleti'.

"Fizemos uma falta fora da área e marcaram pênalti. Talvez poderiam ter marcado uma falta, mas está claro que desde os 11 metros representaram uma chance de gol muito mais clara. Não foi pênalti", reiterou o filho do lendário Peter Schmeichel.

O goleiro ainda admitiu que os 'Foxes' sentirão a ausência do zagueiro Robert Huth na partida de volta, na próxima terça-feira, por acúmulo de cartões amarelos. "É um jogador de primeira categoria, e é uma pena perdê-lo. Será uma grande baixa, mas estas coisas acontecem", comentou. EFE