Sport ganha e acaba com invencibilidade do Corinthians em dia de protestos

·2 minuto de leitura
RECIFE, PE, 09.10.2021 – SPORT-CORINTHIANS: Paulinho Moccelin, do Sport, comemora seu gol com jogadores de sua equipe - Partida entre Sport e Corinthians, válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2021, realizada na Arena Pernambuco, região metropolitana de Recife, em Pernambuco, na tarde deste sábado. (Foto: Rafael Vieira/Agif/Folhapress)
RECIFE, PE, 09.10.2021 – SPORT-CORINTHIANS: Paulinho Moccelin, do Sport, comemora seu gol com jogadores de sua equipe - Partida entre Sport e Corinthians, válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2021, realizada na Arena Pernambuco, região metropolitana de Recife, em Pernambuco, na tarde deste sábado. (Foto: Rafael Vieira/Agif/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians perdeu para o Sport por 1 a 0 na tarde deste sábado (9), no Recife, pelo Campeonato Brasileiro, e deu adeus a uma sequência de dez jogos de invencibilidade sob o comando do técnico Sylvinho.

O gol do Sport foi marcado aos 35 minutos da segunda etapa, com Paulinho, que chutou da entrada da área para bater o goleiro Cássio.

O resultado tirou a chance do Corinthians de entrar no G-4, já que estacionou nos 37 pontos —o quarto colocado Fortaleza tem 39.

O Sport, por sua vez, apesar de não ter deixado a zona de rebaixamento, ganhou duas posições na tabela e chegou aos 26 pontos, empatado neste quesito com o Bahia, primeira equipe fora do Z-4 —Santos e Grêmio, que se enfrentam neste domingo (10), ainda podem passar os rubro-negros.

O resultado ainda consolidou a recuperação da equipe pernambucana no torneio. É a terceira vitória seguida do time. As outras foram contra Grêmio e Juventude. Sua próxima partida é contra o Cuiabá, fora de casa, na quinta (14), às 19h.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta (13), quando recebe o Fluminense na Neo Química Arena, às 21h.

A partida em Pernambuco foi marcada por um protesto da arbitragem. Antes do início da disputa, o árbitro Savio Pereira Sampaio e os assistentes Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Júnior se ajoelharam e levantaram seus instrumentos de trabalho, apito e bandeira.

A ação, que está sendo feita em todas as partidas da rodada, é contra a agressão sofrida por Rodrigo Crivellaro durante partida da Série B do Campeonato Gaúcho entre Guarani de Venâncio Aires e São Paulo-RS, na última segunda (4).

Crivellaro, que apitava a partida, foi agredido pelo jogador Willian Ribeiro, do São Paulo-RS, que lhe acertou um soco e depois desferiu um forte chute contra sua nuca enquanto estava no chão.

O árbitro saiu de ambulância, teve uma lesão numa vértebra e vai ficar afastado do trabalho por no mínimo 90 dias. Há ainda a possibilidade de passar por uma cirurgia.

Já Ribeiro, que foi preso em flagrante após a agressão, responderá em liberdade pelo seu ato. Ele também deverá ser suspenso do futebol por um período. O São Paulo-RS rescindiu o contrato com o jogador.

SPORT

Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere (Chico), Sabino e Sander; Marcão, Zé Welison, Luciano Juba (Paulinho Moccelin), Everton Felipe (Tréllez) e Gustavo Oliveira (Leandro Barcia); Mikael. T.: Gustavo Florentín

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Mosquito); Gabriel Pereira (Luan), Giuliano, Renato Augusto (Gustavo Mantuan) e Roger Guedes; Jô (Adson). T.: Sylvinho

Estádio: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Marcão, Sander, Paulinho Moccelin e Héctor Nuñez (SPO)

Gol: Paulinho Moccelin (SPO), aos 35'/2ºT

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos