Sport e Náutico ficam no empate no primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


No primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano, na Arena Pernambuco, Sport e Náutico ficaram no empate pelo placar de 1 a 1. O Leão abriu o marcador no fim da etapa inicial, gol de Everaldo. A igualdade veio no início do segundo tempo, gol do zagueiro Wagner Leonardo.

CALENDÁRIO
A partida de volta entre Náutico e Sport será realizada no próximo domingo, 23 de maio, às 16h, a princípio, marcado para o estádio dos Aflitos, entretanto, o jogo pode ser transferido para Arena Pernambuco caso chova em Recife.


A partida

PRIMEIRO TEMPO

NÁUTICO CRIA ÓTIMAS CHANCES, MAS NÃO CONSEGUE MARCAR NO PRIMEIRO TEMPO
Melhor ataque da competição, o Timbu não fugiu das suas características e foi para cima do Sport. Prova disso foi que o Alvirrubro teve várias oportunidades na primeira etapa. O goleiro Maílson foi o principal responsável pelo Náutico não marcar no primeiro tempo. Aos 8 minutos, ele fez uma sequência de duas defesas em finalizações de Hereda e Jean Carlos e salvou o Sport. Nas outras oportunidades criadas pelos comandados de Hélio dos Anjos, faltou mais capricho para Eric, Vinícius, Jean Carlos e Camutanga na hora de colocar a bola para dentro.

QUEM NÃO FAZ, TOMA!
O time do Sport conseguiu suportar a pressão do Náutico na primeira etapa. Além de não tomar o gol, o time do Leão ainda achou o seu gol antes do intervalo. Everaldo roubou a bola próximo da área adversária, tabelou com Neilton e concluiu com maestria para abrir o marcador: 1 a 0 para o Sport.

SEGUNDO TEMPO

TIMBU VOLTA VOANDO DO INTERVALO E EMPATA O JOGO
O Náutico voltou do intervalo determinado a empatar a partida de qualquer maneira. E logo aos 5 minutos, o Timbu conseguiu igualar o marcador. Em cobrança de escanteio, após bate-rebate, a bola sobrou para Wagner Leonardo tirar de Maílson e marcar: 1 a 1.


JOGO FICA EQUILIBRADO, MAS QUEM QUASE MARCOU FOI O SPORT
Após o empate do Náutico, a partida ficou muito equilibrada, com os dois times disputando palmo a palmo os espaços do campo até pelo menos os 15 minutos do segundo tempo. Mas, apesar do equilíbrio, quem quase fez o gol foi o Sport. Em cobrança de falta de Neilton, a bola desviou na barreira e por pouco não entrou.

NÁUTICO VIRA O JOGO, MAS O VAR ANULA O GOL
Aos 29 minutos do segundo tempo, em grande jogada de Bryan, Giovanny recebeu o passe e bateu, Kieza desviou para dentro do gol, mas o bandeirinha acabou marcando impedimento. O árbitro consultou o VAR e gol foi invalidado.

MAÍLSON GARANTE O EMPATE
O Náutico intensificou a pressão e ficou muito próximo de marcar o gol da virada, mas Maílson se agigantou e garantiu o empate em finalização de Erick. Uma defesa espetacular do goleiro do Sport. Jean Carlos ainda teve uma grande chance cara a cara minutos depois, mas ele chutou para fora a chance de virar a partida. Placa final: 1 a 1.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos